De acordo com o gráfico exibido no post em causa, entre os dias 1 de junho e 20 de julho de 2021 registou-se em Portugal um total de 123 mortes por Covid-19 e 5.530 mortes por outras causas. Soma: 5.653 mortes.

Quanto ao período homólogo de 2020, em comparação, registou-se um total de 118 mortes por Covid-19 e 6.618 mortes por outras causas. Soma: 6.736 mortes.

Os números indicados estão corretos?

O Polígrafo consultou os relatórios de situação epidemiológica em Portugal da Direção-Geral da Saúde (DGS) entre os dias 1 e 20 de julho de 2020 e verificou que foram contabilizadas 112 mortes por Covid-19. Por outro lado, entre 1 e 20 de julho deste ano, contabilizaram-se 118 mortes devido ao novo coronavírus.

Quanto às mortes por outras causas, o Polígrafo recorreu ao Sistema de Informação dos Certificados de Óbito (SICO). Assim, entre os dias 1 e 20 de julho de 2020 foram contabilizadas 6.736 mortes no total (112 das quais por Covid-19); e entre 1 e 20 de julho deste ano houve 5.663 mortes (118 das quais por Covid-19).

créditos: © SICO

Os números apresentados no gráfico não estão totalmente corretos, detectamos ligeiras imprecisões. Ora, mesmo que se retire ao total de mortes aquelas que foram por Covid-19, entre 1 e 20 de julho de 2020 morreram 6.624 pessoas (mais seis do que no post). No período homólogo de 2021 morreram 5.545 pessoas (menos 15 do que no post). O mesmo se aplica às somas globais.

De qualquer forma, as imprecisões são diminutas e não alteram o facto de a mortalidade geral em julho de 2021 estar em nível inferior comparativamente a julho de 2020.

No caso das mortes por Covid-19, o número sobe de 112 para 118 óbitos em 2021, mas há um elemento omitido na publicação que importa salientar: o número de novos casos diários de infeção por Covid-19 em julho de 2021 é muito superior ao do período homólogo de 2020, embora o número de mortes seja praticamente similar.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Verdadeiro: as principais alegações do conteúdo são factualmente precisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Verdadeiro" ou "Maioritariamente Verdadeiro" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Assina a Pinóquio

Fica a par de todos os fact-checks com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Recebe os nossos alertas

Subscreve as notificações do Polígrafo e recebe todos os nossos fact-checks no momento!

Em nome da verdade

Segue o Polígrafo nas redes sociais. Pesquisa #jornalpoligrafo para encontrares as nossas publicações.
Verdadeiro, mas...
International Fact-Checking Network