Está a espalhar-se nas redes sociais a imagem de um suposto tweet publicado na página da Nova Ordem Social (movimento de extrema-direita liderado por Mário Machado) no Twitter.

"Procura-se assassino! Não o entreguem às autoridades, se souberem do seu paradeiro enviem-nos mensagem privada", destaca-se na publicação que remete para uma notícia do jornal "Correio da Manhã", com o seguinte título: "Jovem de 19 anos morre baleado na discoteca Lick em Vilamoura. Suspeito está em fuga".

O tweet em causa é autêntico? Confirma-se que Mário Machado está a pedir que não entreguem o "assassino" de Vilamoura às autoridades? E apela a que lhe enviem "mensagem privada" sobre o seu paradeiro?

Sim, confirma-se. Foi publicado ontem, dia 23 de agosto, e exibe uma imagem do alegado suspeito.

Nos comentários ao tweet surgem várias declarações racistas, xenófobas e de incitamento à violência ou à "justiça pelas próprias mãos".

A publicação de Mário Machado remete para uma notícia do jornal "Correio da Manhã", segundo a qual "um jovem, de 19 anos, foi morto a tiro na madrugada desta sexta-feira na discoteca Lick, em Boliqueime, Vilamoura, Algarve. O 'Correio da Manhã' sabe que a vítima se trata de Lucas Leote, um jovem residente em Albufeira e que pertencia ao staff do estabelecimento noturno".

"Segundo o que o 'Correio da Manhã' apurou, o autor do crime terá sido impedido de entrar no espaço. Retirou-se do local e voltou mais tarde com uma arma, com a qual atingiu o jovem com três a quatro tiros.  A vítima ainda foi transportada para o Hospital de Faro em estado crítico, mas não resistiu aos ferimentos. O atirador fugiu num motociclo, que foi entretanto localizado e apreendido pela GNR, que mantém um dispositivo no terreno em caça do suspeito", descreve.

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro