"O que apetece, eu digo-vos o que é que me apetece… Beijar! Eu tenho a fama de beijoqueiro, mas é verdade! Sou beijoqueiro! E faz-me falta beijar de manhã, à tarde, à noite! E no outro dia aconteceu-me uma cena incrível que ainda bem que não foi apanhada pela televisão, senão era o fim do mundo. Quando pude beijar de língua, até que enfim. Duro. O Presidente da República tem que dar o exemplo, não é? Portanto, aconteceu, a coisa mais importante da vida é beijar. Como? De língua, de pé, de pernas para o ar, de toda a natureza. Dando carinho uns aos outros. O que parece, noutras ocasiões, pequeno, passa a ser enorme, enorme, duro… Vocês tiveram a mais importante aula da vossa vida. Beijar, não se esqueçam disso", parece dizer Marcelo Rebelo de Sousa no vídeo em causa, difundido nas redes sociais.

As imagens do vídeo são recolhidas a partir da aula ministrada pelo Presidente da República no âmbito do programa "Estudo em Casa" na RTP, emitido no dia 15 de junho (pode consultar aqui a gravação).

O Polígrafo analisou a gravação da aula e verificou que Rebelo de Sousa não proferiu tais declarações, tendo abordado temas relacionados com a pandemia de Covid-19.

Através de um processo de adulteração de imagem e voz, provavelmente utilizando frases e palavras isoladas a partir de entrevistas ou declarações públicas de Rebelo de Sousa, produziu-se assim um vídeo falsificado, para enganar as pessoas.

Não é o primeiro vídeo adulterado ou falsificado de Rebelo de Sousa que surge recentemente nas redes sociais, através de centenas ou milhares de partilhas. Em meados de novembro, o Polígrafo deparou com um outro vídeo em que o Presidente da República aparecia a dizer que a pandemia "é uma invenção" e serve para "controlar" os cidadãos.

Nesse caso, as imagens foram recolhidas a partir de uma entrevista à RTP, emitida no dia 2 de novembro. Essas declarações, com aquele sentido e contexto, também não foram proferidas pelo visado no logro em formato audiovisual.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Adulterado: conteúdos de imagem, áudio ou vídeo que tenham sido editados ou sintetizados para além dos ajustes de clareza ou qualidade de formas que podem induzir as pessoas em erro; esta definição inclui emendas, mas não excertos dos conteúdos multimédia ou a apresentação de conteúdos multimédia fora do contexto; ao abrigo dos nossos Padrões da Comunidade, também removemos determinados vídeos manipulados produzidos por inteligência artificial ou aprendizagem automática e que provavelmente induziriam uma pessoa comum a acreditar que o interveniente do vídeo proferiu palavras que realmente não disse.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Siga-nos na sua rede favorita.
Manipulado
International Fact-Checking Network