O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, recebeu no domingo passado, dia 26 de maio, o apoio de milhares de pessoas que se manifestaram em todos os 27 estados e em pelo menos 153 cidades do país, segundo informações divulgadas pela imprensa local.

Organizadas por grupos de direita como o "Brasil Conservador", "Movimento Mais Brasil" e "Nas Ruas", as manifestações de apoio foram planeadas como uma resposta aos protestos contra o bloqueio das verbas para a Educação anunciado pelo Governo, que levaram milhares de estudantes e professores às ruas em mais de 170 cidades do país no dia 15 de maio.

Nas redes sociais assistiu-se esta semana a uma espécie de disputa em torno do número de manifestantes mobilizados, isto é, sobre quem é que mobilizou mais pessoas nas ruas, se as manifestações anti-Bolsonaro (ou contra o bloqueio das verbas para a Educação, mais concretamente) ou pró-Bolsonaro.

É nesse contexto que estão a ser difundidas imagens de manifestantes pró-Bolsonaro a encherem completamente uma ponte em Vitória. Essas imagens são verdadeiras?

As imagens em causa são da Terceira Ponte, que liga Vitória a Vila Velha, com manifestantes empunhando bandeiras do Brasil e vestindo camisolas verdes e amarelas, cores predominantes da bandeira nacional brasileira.

Segundo apurou o "Estadão Verifica", plataforma de fact-checking do jornal "Estadão", as imagens são retiradas de um vídeo publicado no YouTube, a 22 de outubro de 2018, em período de campanha para as eleições presidenciais que viriam a ser ganhas por Bolsonaro (pode aceder aqui ao vídeo).

No dia 21 de outubro de 2018, um dia antes da publicação do vídeo, apoiantes de Bolsonaro realizaram várias manifestações a favor da candidatura do então deputado federal. "Em Vitória, cerca de 25 mil pessoas compareceram às ruas, segundo estimativa da Polícia Militar", recorda o jornal "Estadão".

Outra plataforma brasileira de fact-checking, "Boatos.org", analisou as mesmas imagens e chegou à mesma conclusão: "A foto que teve dezenas de milhares de compartilhamentos em redes sociais é do Espírito Santo, mas não é das manifestações de 2019. As imagens foram capturadas durante a campanha eleitoral de 2018. Neste caso, houve, sim, fake news viralizando por aí".

Durante as manifestações de domingo passado, o Presidente brasileiro divulgou fotos e vídeos nas suas contas nas redes sociais. "Há alguns dias, fui claro ao dizer que quem estivesse a pedir o fecho do Congresso ou do Supremo Tribunal Federal hoje estaria na manifestação errada. A população mostrou isso. Sua grande maioria foi às ruas com pautas legítimas e democráticas, mas há quem ainda insista em distorcer os factos", escreveu Bolsonaro na rede social Twitter.

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Falso
International Fact-Checking Network