A política brasileira tem sido altamente utilizada como arma de desinformação e é cada vez mais importante saber distinguir os factos das mentiras. Um dos alvos mais apetecíveis tem sido o ex-presidente Lula da Silva, líder histórico do Partido dos Trabalhadores. Os casos multiplicam-se pelas redes sociais, tendo frequentemente como objeto o processo Lava-Jato, no âmbito do qual Lula foi preso pelo juiz Sérgio Moro, actual ministro da Justiça brasileiro, que esta semana passou por Portugal para participar numa conferência.

Desta vez, Lula surge numa suposta primeira página da revista satírica francesa “Charlie Hebdo” no papel de um santo aos olhos do Supremo Tribunal Federal brasileiro. A montagem é uma alusão à pintura “A Última Ceia”, de Leonardo da Vinci, e nos lugares dos discípulos surgem os membros do Supremo Tribunal Federal brasileiro. A imagem é acompanhada pela frase “Supremo Tribunal do Brasil acredita que Lula é um santo”. A pergunta que se coloca: será verdade que a conhecida publicação francesa dedicou uma capa ao caso Lava-Jato e a Lula em particular?

lula da silva
Capas da Charlie Hebdo são sempre preenchidas por ilustrações satíricas

A resposta é não. Quem conhece a revista rapidamente identifica uma grande falha na imagem que está a correr as redes sociais: as capas da “Charlie Hebdo” são compostas por caricaturas e ilustrações e não recorrem à montagem de fotografias, como é manifestamente o caso.

Além disso, a última capa publicada pela revista nada tem que ver com o Brasil. A edição número 1396, referente ao período entre 24 de abril e 1 de maio, traz na manchete uma crítica ao presidente francês Emmanuel Macron e ao tempo necessário para a reconstrução da catedral de Notre-Dame, depois do incêndio de 15 de abril. Na primeira página surge a ilustração de Macron como sendo um corcunda – numa referência ao conto infantil da Disney “O Corcunda de Notre-Dame” – que agarra um dos sinos históricos da catedral. “Cinco anos para endireitar Notre-Dame” pode ler-se no título, enquanto o político afirma ter “três anos para endireitar a minha coluna”, numa referência às próximas eleições presidenciais em França.

lula da silva
A capa mais recente da revista francesa

Mais: o Polígrafo fez uma pesquisa pelos termos “Brasil” e “Lula da Silva” no site da “Charlie Hebdo” e apenas surgiram quatro artigos – dois para cada um dos termos pesquisados. Ou seja, a política brasileira não é um tema habitual de sátira na revista francesa.

Indo mais atrás, concluímos que nenhuma das capas das edições disponibilizadas pelo site oficial da revista coincidem com a imagem partilhada. A plataforma de verificação de factos “Boatos.org” identificou a capa que está na base da manipulação:

lula da silva
A capa a partir da qual foi feita a manipulação

trata-se de uma revista publicada a 22 de dezembro de 2010, que ilustra o menino Jesus a rezar a Alá, ainda na manjedoura. As duas capas não têm muitas semelhanças, mas ao comparar os cabeçalhos é possível perceber que se têm os mesmos destaques e um grafismo aproximado.

Siga-nos na sua rede favorita.
Pimenta na Língua
International Fact-Checking Network