O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Lisboa tem 500 mil habitantes e quase 300 mil são imigrantes, como destaca André Ventura?

Política
Este artigo tem mais de um ano
O que está em causa?
O líder do Chega mostra a imagem de uma aparente notícia - "Dos poucos mais de 500 mil habitantes de Lisboa, quase 300 mil são imigrantes" -, a partir da qual conclui desde logo que "ainda vamos a tempo de parar esta loucura e de evitar os exemplos desastrosos de política de imigração criminosa que vimos noutros países da Europa". O problema é que os números indicados estão completamente errados.

André Ventura utilizou as redes sociais para criticar a política de imigração em Portugal (e na Europa) recorrendo à imagem do título de um artigo do portal de notícias brasileiro G1, no qual se destaca que “dos pouco mais de 500 mil habitantes de Lisboa, quase 300 mil são imigrantes“.

Na publicação feita no dia 15 de outubro, Ventura escreve que “ainda vamos a tempo de parar esta loucura e de evitar os exemplos desastrosos de política de imigração criminosa que vimos noutros países da Europa”.

O artigo em causa foi publicado no dia 8 de outubro, tendo sido escrito por um correspondente do G1 na cidade de Lisboa. No entanto, consultando os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística (atualizados no dia 16 de dezembro de 2021), verificamos que os números apresentados no artigo (e no post de Ventura) estão incorretos, provavelmente devido a um equívoco.

No que respeita aos “pouco mais de 500 mil habitantes“, constatamos que se trata do número total de residentes na cidade de Lisboa que eram, à data da recolha de dados, 545.923. Deste total de residentes, 56.275 são estrangeiros.

Já os “quase 300 mil” correspondem ao número de residentes estrangeiros em toda a Área Metropolitana de Lisboa. São 256.275 imigrantes de um total de 2.870.770 residentes.

Recuando aos dados de 2011, constatamos que o número de residentes estrangeiros aumentou, mas não nas proporções indicadas no post de Ventura. De um total de 2.821.876 residentes na Área Metropolitana de Lisboa, 203.803 eram estrangeiros. Se atentarmos apenas na cidade de Lisboa, verifica-se que 34.728 de um total de 552.700 residentes eram estrangeiros.

O líder do partido Chega, André Ventura, anunciou ontem a intenção de propor que o apoio de 125 euros agendado para este mês (uma das medidas do Governo para compensar os efeitos da inflação) seja também pago durante todos os meses do próximo ano. Mas quanto é que custaria no total? Duas pistas: mais do dobro da receita anual de IRC e não muito distante do orçamento anual do Serviço Nacional de Saúde.

Para dissipar quaisquer dúvidas, o Polígrafo contactou o gabinete de comunicação da Câmara Municipal de Lisboa que, com base em dados do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras analisados pelo departamento de Economia e Inovação da autarquia, informou que o número de imigrantes registados com título de residência ou visto de longa duração na cidade de Lisboa em 2021 ascendeu a 108.894 no total.

Relativamente à Área Metropolitana de Lisboa, no mesmo ano estavam registados 344.236 estrangeiros, com título de residência ou visto de longa duração.

Em conclusão, os números apresentados no post estão errados, na medida em que se confunde a cidade de Lisboa com a Área Metropolitana de Lisboa e misturando dados referentes a uma e outra.

_____________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque