O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Líder do Chega “vence as eleições legislativas em Portugal”?

Política
O que está em causa?
Numa recente publicação no Threads, com origem no Brasil, destaca-se que "o líder do Chega, André Ventura, vence as eleições legislativas em Portugal". Uma extrapolação dos resultados eleitorais que está a gerar desinformação.
© Agência Lusa / António Cotrim

“O líder do Chega, André Ventura, vence as eleições legislativas em Portugal e com otimismo anuncia o ‘fim do bipartidarismo’ no país”, anuncia-se numa publicação no Threads, com origem no Brasil, em referência às eleições legislativas de 10 de março.

Posto isto, acrescenta-se: “Além de se mostrar disponível em ‘trabalhar para que haja um Governo estável.'”

Nos comentários sucedem-se as mensagens de “parabéns”, a par de comparações com a situação política no Brasil.

Na realidade, porém, o Chega não venceu as eleições legislativas, apesar de ter aumentado exponencialmente a representação parlamentar, de 12 para 50 deputados, em comparação com as anteriores legislativas de 2022.

Em 2024, o Chega obteve 1.169.836 votos (18,07% do total) que se traduziram em 50 mandatos de deputados.

Ainda assim, a distância considerável do vencedor das eleições – a Aliança Democrática (AD), coligação entre PSD, CDS-PP e PPM que obteve 1.867.013 votos (28,84% do total) e 80 mandatos.

O partido liderado por André Ventura ficou aliás na terceira posição, superado também pelo PS de Pedro Nuno Santos que conquistou 1.812.469 votos (28% do total) e 78 mandatos.

________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque