"O futuro do treinador português voltou ao palco mediático depois de Jorge Jesus se ter sagrado campeão brasileiro e ter vencido a Libertadores em menos de 24 horas - recorde atrás de recorde, o português acabou por conquistar a América. De acordo com a imprensa, o Flamengo tem interesse em renovar com Jesus - está até disposto a duplicar o seu salário -, mas também chovem propostas milionárias da China. A emissora argentina acrescentou mais um emblema ao futuro de Jesus", salienta-se na mesma notícia, ilustrada por uma sobreposição de uma imagem de Jorge Jesus sobre uma imagem do Camp Nou, estádio do Fútbol Club Barcelona, além do símbolo do clube catalão.

"Segundo a TyC Sports, Jesus pode rumar ao Barcelona, assumindo o lugar de Ernesto Valverde, que tem sido contestado pelos adeptos do emblema catalão. Ao mesmo tempo, conta a emissora, o argentino Jorge Sampaoli, seria o principal candidato a ocupar a vaga de Jorge Jesus. O técnico de 65 anos admitiu que gostaria de treinar um grande europeu, dizendo que as portas para regressar a Portugal 'estão cada vez mais fechadas'", conclui-se.

Esta "notícia" tem alguma sustentação factual?

Não. Consultando a página da TyC Sports verificamos que não há qualquer informação recente sobre a putativa contratação de Jorge Jesus, treinador de futebol com nacionalidade portuguesa, pelo FC Barcelona.

Ou seja, é falso que "o canal televisivo da Argentina TyC Sports noticiou esta sexta-feira que Jorge Jesus, treinador do Flamengo, poderá vir a substituir Ernesto Valverde no comando técnico do Barcelona".

Por outro lado, na página da TyC Sports encontramos várias notícias recentes sobre o alegado interesse do FC Barcelona em contratar Xavi Hernández - antigo jogador do clube e atualmente a treinar uma equipa no Qatar - como novo treinador para a próxima temporada.

***

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente falso" nos sites de verificadores de factos;

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Pimenta na Língua
International Fact-Checking Network