Jorge Jesus, treinador de futebol, assinou hoje contrato com o Flamengo, mítico clube brasileiro. Ontem, no Aeroporto Humberto Delgado, Lisboa, a caminho de Madrid onde hoje se reuniu com o presidente do Flamengo, Jesus prestou declarações aos jornalistas, destacando a singular competitividade do principal campeonato brasileiro de futebol.

"O Flamengo não pode ser plano B, tem de ser plano A. Não sei vocês sabem, mas é uma das quatro equipas mais importantes do mundo", afirmou Jesus. "Eu não vou para o Flamengo por questões financeiras, nem ia para lá se fosse assim. Se fosse por isso não ia para lá. Vou ver se a proposta me agrada, pelo conhecimento que vou ter do jogador brasileiro e porque acho que o campeonato brasileiro é dos mais competitivos. São 20 equipas e 10 já foram campeãs. Isso não existe em nenhum país da Europa", salientou.

É mesmo verdade que 10 das atuais 20 equipas do principal campeonato brasileiro de futebol já foram campeãs?

Começando por conferir as 20 equipas que disputam a presente edição da Série A, o principal campeonato brasileiro de futebol (também conhecido como "Brasileirão"). Ordenadas segundo a atual classificação (após seis jornadas): Palmeiras, Atlético Mineiro, Corinthians, São Paulo, Santos, Flamengo, Internacional, Bahia, Ceará, Goiás, Botafogo, Atlético Paranaense, Chapecoense, Fortaleza, Fluminense, Cruzeiro, Alagoano, Grêmio, Avaí e Vasco da Gama.

Ora, destes 20 clubes, 14 já venceram o principal campeonato brasileiro de futebol, de acordo com os registos oficiais que consultámos.

Clubes atualmente na Série A que já foram campeões:

Palmeiras: 10 campeonatos

Santos: 8 campeonatos

Corinthians: 7 campeonatos

São Paulo: 6 campeonatos

Flamengo: 5 campeonatos

Fluminense: 4 campeonatos

Cruzeiro: 4 campeonatos

Vasco da Gama: 4 campeonatos

Internacional: 3 campeonatos

Grêmio: 2 campeonatos

Botafogo: 2 campeonatos

Bahia: 2 campeonatos

Atlético Mineiro: 1 campeonato

Atlético Paranaense: 1 campeonato

A afirmação de Jesus é portanto imprecisa. Não classificamos como falsa porque o facto de serem 14 e não 10 até reforça o argumento de Jesus quanto à competitividade do campeonato brasileiro, pelo que não terá sido intencional.

"Jorge Jesus é o novo técnico do Flamengo. O acordo foi selado com o presidente, Rodolfo Landim. O treinador chega em meados de julho ao clube e assina contrato de um ano. Seja bem-vindo", anunciou hoje o Flamengo na sua conta oficial no Twitter.

Após ter acertado os detalhes para fechar a contratação, em Madrid, o treinador português, que sucede ao brasileiro Abel Braga no comando técnico do Flamengo, confessou que a principal razão que o levou a aceitar o desafio incidiu na "grandeza" do clube brasileiro.

"O que me convenceu principalmente foi a grandeza do Flamengo. São quatro os clubes mais famosos do mundo: Flamengo, Boca Juniors, Barcelona e Real Madrid. Portanto, foi um dos motivos para eu aceitar, além de ganhar títulos. O Flamengo vai dar-me uma possibilidade de ganhar a Taça Libertadores e de ganhar o Mundial. Fiquei muitos anos no Benfica e ganhei tudo. E esse é o objetivo maior que fez com que eu aceitasse o desafio do Flamengo", afirmou Jesus, citado pela Globo Esporte.

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Impreciso
International Fact-Checking Network