"Jaden Smith foi encontrado morto na madrugada de terça-feira. Na Califórnia, numa suite de um hotel, com drogas. O mundo perdeu um talento. Partilha". Esta é a mensagem da publicação que mostra uma imagem de Jaden Smith, filho de Will Smith. A suposta "notícia" espalhou-se pelas redes sociais no Brasil e gerou pânico entre os fãs do rapper norte-americano que utilizaram as caixas de comentários para deixarem as suas condolências.

No entanto, muitos duvidaram da veracidade da informação: "Mentira, ele só quer comentários", "Só sabem mentir" e "Mito" foram algumas das mensagens deixadas na página brasileira em causa.

Vários utilizadores do Facebook denunciaram a publicação como sendo potencialmente falsa. O Polígrafo, no âmbito da sua parceria com a referida rede social, procede à sua verificação.

A informação é falsa, na medida em que Jaden Smith não morreu. De acordo com um artigo da página "MediaMass", os representantes do ator já vieram a público dizer que se tratou de um boato: "Jaden Smith junta-se à longa lista de figuras públicas que são vítimas deste embuste. Ele ainda está vivo e bem, parem de acreditar em tudo o que vêem na Internet".

A publicação em análise difunde assim uma falsidade. O criador da publicação no Brasil ter-se-á aproveitado de um boato que já se espalhara nas redes sociais nos EUA para fazer aumentar o número de seguidores da sua página.

***

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network