"Portugal é dos únicos países a revelar dados reais", destaca-se na publicação em causa, referindo-se à pandemia de Covid-19. "Portugal nunca passou dois dígitos de mortes diárias por Covid-19. Itália, Espanha, Reino Unido, etc., colapsaram com dezenas de milhares de casos, aproxima-se a época turística apresentam zero casos".

"Suspeita-se de cabala para tramar a previsível corrida do Turismo português", conclui-se.

Confirma-se a veracidade destas alegações?

No que respeita ao número de mortes diárias por Covid-19 em Portugal, não é verdade que nunca tenha superado a fasquia de 10 mortes. Entre os dias 24 de março e 5 de junho, aliás, o número de mortes por Covid-19 em Portugal só foi inferior a uma dezena em seis dias, atingindo um pico de 37 mortes no dia 3 de abril.

A expressão "dois dígitos", contudo, poderá referir-se à fasquia de 99 mortes por dia. Nesse caso é verdade que em Portugal, até ao momento, nunca se registou mais de 99 mortes por Covid-19 em apenas um dia.

Estes dados estatísticos estão plasmados nos relatórios oficiais da Direção-Geral da Saúde (pode consultar aqui) e compilados no portal Worldometer (pode consultar aqui).

Quanto à alegação de que a Itália, Espanha e Reino Unido "apresentam zero casos" de Covid-19 para captarem turistas, trata-se claramente de uma falsidade.

De facto, nos últimos dias, a Espanha tem registado poucas mortes diárias por Covid-19, entre três a oito, mais ou menos ao mesmo nível de Portugal. Apesar do decréscimo, acentuado no início de junho, continua a apresentar mortes todos os dias, ao contrário do que se alega na publicação sob análise.

Quanto aos outros dois países evocados, Itália e Reino Unido, verifica-se um decréscimo mas também continuam a registar dezenas (Itália) ou centenas (Reino Unido) de mortes diárias por Covid-19. Além de não apresentarem "zero mortes", o facto é que registam mais mortes diárias do que Portugal (e Espanha).

_______________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network