"Há vida para além da austeridade. Vamos virar a página. As pessoas não são números. Abaixo a vassalagem perante Angela Merkel. Depois, a realidade. A dura parede da realidade", lê-se no texto de uma recente publicação na página "Direita Política". O título em destaque é o seguinte: "Investimento público do Governo das esquerdas é mais baixo do que o do último ano do anterior Governo". Denúncia que depois é reiterada num meme que finaliza a publicação, em forma de pergunta retórica: "Sabia que o investimento público deste Governo é mais baixo que o do último ano do Governo anterior?"

Verificação de factos, a pedido de vários leitores do Polígrafo.

A página "Direita Política" já foi muitas vezes sinalizada no Polígrafo como uma fonte recorrente de fake news e desinformação, mas desta vez limita-se a copiar (sem autorização e sem indicar que se trata de uma citação) um recente artigo publicado no "Jornal de Negócios".

"O Governo reviu em baixa as previsões de investimento público para este ano, face ao que estava contemplado no Orçamento do Estado para 2019 (OE 2019). No Programa de Estabilidade 2019-2023, apresentado esta segunda-feira, 15 de abril, o Executivo prevê que o investimento das administrações públicas totalize 4.382 milhões de euros, o que representa um corte de 471 milhões de euros face à previsão que tinha sido apresentada em outubro do ano passado", informa o artigo em causa.

"Esta revisão em baixa significa que, em percentagem do Produto Interno Bruto (PIB), o investimento público vai fixar-se em 2,1% e não nos 2,3% previstos no OE 2019. Assim, o peso do investimento do Estado na economia continuará abaixo do verificado em 2015, o último ano do Governo PSD/CDS (2,2%), ao contrário do previsto anteriormente. O investimento público deverá aumentar gradualmente nos próximos anos até atingir os 2,6% do PIB em 2022, nível que irá manter-se em 2023", acrescenta.

"Assim, só na próxima legislatura é que o atual Executivo prevê que este rácio supere o de 2015, quando, em 2020, se fixar em 2,3%", sublinha, embora ressalvando que "em termos nominais, o investimento público de 2019 já ultrapassa o de 2015: 4.382 milhões de euros em comparação com 4.045 milhões de euros, respetivamente. Seja como for, no OE 2019, a previsão era que isso fosse acontecer ainda em 2018, mas a execução do orçamento ficou aquém do previsto".

Estes números estão corretos e podem ser confirmados no Programa de Estabilidade 2019-2023, apresentado no dia 15 de abril pelo ministro das Finanças, Mário Centeno. De facto, o investimento público executado pelo atual Governo do PS (entre 2016 e 2019) foi sempre inferior, em percentagem do PIB, ao investimento público executado pelo anterior Governo de coligação PSD/CDS-PP em 2015, que foi então de 2,2% do PIB. São dados objetivos, pelo que a publicação em análise é verdadeira.

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro