O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Imagens que exibem homem a vandalizar carruagens de comboio foram captadas em Portugal?

Sociedade
O que está em causa?
Nas redes sociais, circulam publicações que se insurgem contra os atos de vandalismo praticados em locomotivas da CP - Comboios de Portugal. Mas será que as imagens que acompanham estes “posts” foram captadas em território nacional?

“Muito nos queixamos do serviço da CP e das suas automotoras sujas. Mas enquanto o grafiti continuar assim, sem qualquer tipo de consequências, é difícil termos melhor”, lê-se numa publicação partilhada, esta segunda-feira, no X, onde se inserem duas imagens que exibem um indivíduo a grafitar uma carruagem de um comboio.

Pelo enredo criado – e pela referência à empresa portuguesa de transporte ferroviário – dá-se a entender que as imagens foram captadas em Portugal. Porém, outros utilizadores desconfiam da narrativa, argumentando que o sucedido terá acontecido “em Espanha”.

Quem tem razão?

Através de pesquisa reversa, constata-se que uma das duas imagens veiculadas na publicação analisada foram partilhadas, a 1 de julho, no site Las Rozas es Noticia”, que se assume como um “diário digital” que se debruça sobre a atualidade noticiosa do município espanhol de Las Rozas de Madrid. 

A notícia em causa dá conta do seguinte: “Polícia local identifica o autor dos grafitis nos comboios de Las Matas [no município de Las Rozas de Madrid].” Um artigo, portanto, dedicado a um acontecimento – “atos de vandalismo contra os novos comboios de Las Matas” – que teve lugar em Espanha.   

A peça jornalística remete ainda para a suposta fonte das fotografias que a acompanham – “@MadridDealers.es”. E, de facto, as imagens foram partilhadas, no mesmo dia, pela referida conta no X, alertando-se, através dos comentários, as autoridades locais para uma situação que teria ocorrido, de facto, “em Las Matas”, e não em Portugal, como a publicação analisada dá a entender.

______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque