"Solução existe… Apenas não é aplicada nos nossos rios", comenta o autor da publicação em causa, mostrando várias imagens do que aparenta ser um sistema de limpeza de águas pluviais. Uma espécie de rede gigante é colocada em cada saída dos canos de drenagem, captando uma grande quantidade de lixo, sobretudo embalagens de plástico.

Esta publicação foi denunciada como sendo falsa ou enganadora. Confirma-se?

Pesquisando as imagens em causa através da aplicação TinEye verificamos que têm origem na cidade australiana de Kwinana, retratando um sistema de redes instaladas nos canos de drenagem, com o objetivo de reter o lixo e assim impedir a contaminação de uma reserva natural que se situa nas proximidades.

Esta iniciativa foi destacada em artigo do jornal "Público" de 8 de agosto de 2018, noticiando então que "o sistema foi montado em março [de 2018], em duas localizações da reserva de Henley, próxima de zonas residenciais". Em cinco meses foi recolhido lixo ou resíduos com um total de 370 quilogramas, sobretudo "embalagens de comida, garrafas, areia e folhas de árvores".

No dia 4 de agosto de 2018, aliás, na página oficial da cidade de Kwianana na rede social Facebook publicou-se uma das imagens em causa, informando sobre a instalação do novo sistema.

Mais recentemente, em julho de 2019, a estação de televisão ABC Australia emitiu uma reportagem sobre o novo sistema de retenção de lixo, destacando que "cidades em todo o mundo estão a olhar para a Austrália em busca de uma solução simples para a poluição, impedindo que o lixo estrague ou contamine riachos e sistemas fluviais".

_______________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Verdadeiro: as principais alegações do conteúdo são factualmente precisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Verdadeiro" ou "Maioritariamente Verdadeiro" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network