Por cá são às centenas (meia dúzia, infelizmente), por lá são só 1.500", comenta-se num dos posts em língua portuguesa com a imagem em causa. Remete para um outro post em língua francesa, no qual se lê a seguinte mensagem (em tradução livre): "Eles mal eram 1.500 ontem em Paris. O redator freelancer da BFMTV [estação de televisão francesa] esqueceu-se de dois zeros".

Ou seja, a imagem é apresentada como "prova" de que estariam centenas de milhares de pessoas na manifestação em Paris contra as medidas restritivas e o certificado de vacinação, mas os órgãos de comunicação social terão noticiado (falsamente) que seriam apenas cerca de 1.500 pessoas.

A imagem é autêntica?

Analisando a imagem em aplicações como a TinEye verifica-se que, na realidade, foi captada em julho de 2018, retratando os festejos pela vitória da seleção francesa no Campeonato Mundial de Futebol.

Esta mesma imagem está patente em várias galerias de fotografias dos festejos em Paris. No jornal francês "Le Bien Public", por exemplo, aparece com créditos atribuídos à Agence France Press (AFP), indicando que a mulher com a bandeira estava no topo do Arco do Triunfo (pode conferir aqui).

Na Getty Images encontramos a mesma fotografia com a seguinte descrição: "Esta fotografia captada a partir do topo do Arco do Triunfo, a 15 de julho de 2018, mostra pessoas a celebrar a vitória da França na final contra a Croácia do Campeonato Mundial de Futebol de 201o da Rússia, na Avenida dos Campos Elíseos em Paris".

É verdade que, nas últimas semanas, decorreram vários protestos em França que juntaram milhares de manifestantes contra as medidas do Governo relativamente à pandemia de Covid-19. Nomeadamente a obrigatoriedade de vacinação para os profissionais de saúde e a exigência de "passe sanitário" para o acesso a restaurantes e outros estabelecimentos ou eventos públicos.

No entanto, a imagem em causa não retrata nenhuma dessas recentes manifestações. Foi captada em 2018, durante os festejos pela vitória da seleção francesa no Campeonato Mundial de Futebol.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network