A fotografia de uma jovem de cabelo curto, camisola para cima e seios de fora enquanto fuma e bebe uma cerveja tem sido disseminada pelas redes sociais nos últimos dias. Os autores das publicações garantem tratar-se de Marisa Matias, candidata às eleições presidenciais de 24 de janeiro.

No WhatsApp e no Facebook, a suposta fotografia de Marisa Matias tem sido partilhada como se se tratasse de um “duelo” entre a eurodeputada do Bloco de Esquerda e o líder do Chega, André Ventura: de um lado, a foto da jovem despida, do outro, o advogado de camisola vestida, a fumar e a beber - também ele na juventude. “Ainda tens dúvidas em quem votar”, questiona-se na legenda.

Marisa Matias fake

No Instagram, a imagem tem sido partilhada através da ferramenta instastories - fotografias que duram apenas 24 horas. “Quem vocês querem que governe Portugal”, lê-se na montagem. A fotografia em análise é acompanhada por um print da página da bloquista na Wikipedia.

Será que fotografia é autêntica?

A resposta é não. Ao Polígrafo, fonte oficial da candidatura da bloquista “desmentiu categoricamente” que seja Marisa Matias quem aparece na fotografia. 

Uma pesquisa inversa pela imagem, utilizando a ferramenta TinEye, permite concluir que a mesma circula na Internet pelo menos desde 26 de julho de 2015, data em que foi publicada num site pornográfico. Aliás, as outras publicações detetadas remetem igualmente para páginas de conteúdo para adultos. 

Na revista "Sábado" de 6 de janeiro foi publicado um artigo de perfil da candidata intitulado como “Marisa Matias, uma ecologista rockabilly aos 21 anos”. O trabalho é acompanhado por imagens da deputada com 21 anos e a comparação entre estas e a fotografia propagada pelas redes sociais também comprova não se tratar da mesma pessoa.

Em suma, é falso que a imagem da jovem de camisola levantada seja a candidata presidencial apoiada pelo Bloco de Esquerda. A fotografia pode ser encontrada em vários sites de pornografia, pelo menos desde 2015. 

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Pimenta na Língua
International Fact-Checking Network