"As reações dos artistas após o Will Smith subir no palco e dar um tapa no Chris Rock após as piadas feitas sobre sua esposa", escreve o autor de umas das muitas publicações semelhantes que circulam nas redes sociais. Além da fotografia do momento que marcou a cerimónia, são partilhados pequenos frames de supostas reações de atores e atrizes. De Meryl Streep a Nicole Kidman, passando por Matt Damon, Salma Hayek, Mel Gibson, Emma Stone, Ryan Gosling, entre outros.

Mas serão as fotografias atuais e demonstram a reação ao momento de violência protagonizado por Will Smith esta madrugada?

Não. A imagem reúne várias reações, mas de um outro momento polémico da cerimónia dos Óscares. Na realidade, são frames captados a 27 de fevereiro de 2017, depois de um erro histórico que resultou de uma troca de envelopes. No final da noite, o ator e realizador Warren Beatty abriu o envelope e anunciou como vencedor do Óscar de Melhor Filme "La La Land", mas afinal a estatueta pertencia a "Moonlight".

Uma pesquisa reversa, por exemplo, da imagem do ator Ryan Gosling a segurar o riso, permite encontrar a fotografia da Associated Press.

E nesta fotografia de Al Seib do "Los Angeles Times" encontramos mais quatro atores e atrizes - Matt Damon, Michelle Williams, Busy Philipps e Dwayne Johnson - que surgem na montagem que tem circulado nas redes sociais.

créditos: © Al Seib / Los Angeles Times

Além disso, na imagem que está a circular surgem alguns atores que não estiveram presentes na cerimónia deste ano, como Meryl Streep, Ryan Gosling e Emma Stone.

A festa da Academia de Hollywood deste ano ficou marcada pelo momento em que o ator Will Smith irrompeu pelo palco e esbofeteou Chris Rock. O humorista preparava-se para anunciar o Óscar de Melhor Documentário e fez várias piadas no discurso introdutório, uma das quais sobre a falta de cabelo de Jada Pinkett Smith. Will Smith é filmado a rir-se, enquanto a mulher revira os olhos. Momentos depois, é possível ver o ator levantar-se da cadeira, subir ao palco e dar uma bofetada na cara de Chris Rock.

Quando voltou a subir ao palco, desta vez para receber o Óscar de Melhor Ator, Will Smith pediu desculpa, mas não diretamente a Chris Rock: "Nesta altura da minha vida, neste momento, estou assoberbado pelo que Deus me pede ser fazer neste mundo. Na minha vida sou convocado a amar e a proteger pessoas, a ser um rio para as minhas pessoas. Sei que no que fazemos [na profissão de ator] temos de ser capazes de receber abusos, de [ouvir] pessoas dizerem coisas loucas sobre nós, aturar que nos desrespeitem. E sorrir e fingir que está tudo bem. (...) "Quero pedir desculpas à Academia, aos meus colegas nomeados. Espero que a academia me volte a convidar", acrescentou.

___________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Falso
International Fact-Checking Network