A imagem surgiu recentemente no Facebook e já conta com um número elevado de partilhas. Trata-se de um cartaz supostamente colocado na Mata Nacional das Virtudes, com um aviso emitido pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

"Aviso. Encontram-se a decorrer ações de correção da densidade de javalis com recurso a arma de fogo. Desaconselham-se caminhadas no interior da Mata Nacional das Virtudes no período noturno", lê-se na mensagem.

Javali alerta

A imagem do cartaz é autêntica e, como tal, confirma-se que o ICNF está a matar javalis a tiro durante a noite em mata na Azambuja?

De facto, o cartaz é autêntico, encontrando-se na Mata Nacional das Virtudes. Foi colocado pelo ICNF, tal como confirmou fonte oficial do organismo ao Polígrafo.

 "A correção de densidade de javalis na área da Mata Nacional das Virtudes foi autorizada para realização pelas associações de caçadores locais e foi requerida pela Câmara Municipal da Azambuja”, esclarece o ICNF. 

A decisão para a realização desta ação, justifica o ICNF, está relacionada com “os prejuízos causados pelos javalis nas redondezas, designadamente prejuízos agrícolas”, além do “perigo de acidentes rodoviários que envolvam os animais”.

Mas porque é que existe a necessidade de recurso às armas de fogo? O ICNF explica que “só é possível efetuar a diminuição da população de javalis com recurso a arma de fogo e atribuir o mesmo ato, sem ónus ou encargos, às entidades regionais/locais de caça, porque a área está sujeita ao Regime Florestal e não existem predadores naturais que auxiliem no processo”.

A Mata Nacional das Virtudes é uma área de “afluência elevada, para a realização de caminhadas, corridas, atividades de grupos de escuteiros e outros transeuntes”, salienta a mesma fonte. Como tal, a decisão da colocação de cartazes está relacionada com a “necessidade de informar todos os cidadãos que se desloquem até à mata e, assim, evitar ao máximo o risco de existirem acidentes durante o decorrer das já referidas ações noturnas”.

De resto, o ICNF indica que o javali é uma espécie cinegética (à qual é permitido o exercício da caça) prevista na lei (Decreto-Lei n.º 202/2004) e que o seu controlo é necessário tendo por base "as reclamações de prejuízos agrícolas e o risco de acidentes rodoviários, mas também a ameaça de alastramento da peste suína africana que já está a causar enorme preocupação e impacto real no norte e centro da Europa".

______________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Verdadeiro: as principais alegações do conteúdo são factualmente precisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Verdadeiro" ou "Maioritariamente Verdadeiro" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network