Numa entrevista ao jornal Washington Examinor, Joe Manchin, senador pelo Estado da Virgínia Ocidental, afirmou que “com a Covid-19, mais pessoas estão dependentes de drogas ou álcool”.

Durante a conversa, Machin falou sobre um projeto-lei que está a desenvolver, que prevê que os estados utilizem 5% do seu financiamento federal proveniente do Mental Health Block Grant (um fundo para apoiar planos de prestação de serviços comunitários de saúde mental) para apoiar serviços de atendimento de crise

É verdade que de facto o consumo de álcool e de drogas aumentou nos EUA durante a pandemia? 

De acordo com o jornal americano de fact-checking Politifact, que verificou esta questão, Manchin tem alguns erros menores de terminologia nas declarações. No entanto, tem razão acerca do aumento do consumo de drogas e álcool - e não só na Virgínia Ocidental, mas em todo o país.

A verdade é que as estatísticas confirmam as preocupações de Manchin. Dados do Departamento de Saúde e Recursos Humanos da Virgínia Ocidental mostram que os serviços de emergência receberam mais visitas relacionadas com overdoses em junho, julho e agosto de 2020 do que nos meses homólogos do ano passado.

Um estudo realizado pela RAND Corp. e pela Escola de Saúde Pública da Universidade de Indiana descobriu que o consumo de álcool aumentou em três entre cada quatro adultos durante a pandemia.

Também os dados do Overdose Detection Mapping Application Program, que compila informações sobre a ocorrência de overdoses em território americano, mostram que desde março 62% dos condados (subdivisões administrativas dos estados norte-americanos) registaram um aumento de casos de suspeita de overdose de 17,6% entre as semanas anteriores e posteriores à imposição de medidas restritivas de contenção da Covid-19.

Um estudo realizado pela RAND Corp. e pela Escola de Saúde Pública da Universidade de Indiana descobriu que o consumo de álcool aumentou em três entre cada quatro adultos durante a pandemia.

Conclui-se que a declaração do senador norte-americano corresponde à verdade. O consumo de drogas aumentou não só no estado da Virgínia Ocidental, como em todo o país - e 75% dos adultos consomem mais bebidas alcoólicas do que antes da pandemia.

Avaliação do Polígrafo:

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network