"Esta é a emergência mais grave para responder à emergência (os números são os oficiais, do portal SNS Transparência). Em fim de setembro faltam 918 médicos em relação a janeiro (e o número já era insuficiente)", alega Francisco Louçã, em mensagem publicada ontem, dia 2 de novembro.

"Em outubro entraram 284 médicos no concurso para medicina familiar, mas os dados finais do mês ainda não foram publicados", conclui, mostrando depois um gráfico com a evolução do número de médicos no SNS desde janeiro de 2020.

Os números indicados por Louçã estão corretos?

Consultando os dados oficiais disponíveis no Portal da Transparência do SNS verificamos que, em janeiro de 2020, registavam-se 19.555 médicos s/internos e 10.929 médicos internos, perfazendo um total de 30.484 médicos ativos no SNS.

De acordo com os últimos dados oficiais, em setembro de 2020 registavam-se 19.291 médicos s/internos e 10.275 médicos internos, perfazendo um total de 29.566 médicos ativos no SNS.

Ou seja, exatamente menos 918 médicos no total, entre janeiro e setembro de 2020, tal como indicou Louçã na publicação sob análise que classificamos assim como verdadeira.

_____________________________

Avaliação do Polígrafo:

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network