"Governo grego baixa salários dos ministros em 30 por cento. Se gostavas que fizessem o mesmo em Portugal, partilha!" Esta é a mensagem da publicação em causa, mostrando uma imagem de Antonis Samaras, antigo primeiro-ministro da Grécia.

Confirma-se que o Governo da Grécia "baixa salários dos ministros em 30 por cento"?

Importa começar por salientar que Antonis Samaras foi primeiro-ministro da Grécia entre 2012 e 2015. Desde então que não integra o Governo da Grécia e em 2016 também abandonou a liderança do seu partido, o Nova Democracia. Ou seja, a mensagem desta publicação está desatualizada.

O atual primeiro-ministro da Grécia é Kyriakos Mitsotakis, líder do Nova Democracia. Mitsotakis assumiu o cargo de primeiro-ministro em 2019 e conquistou a liderança do Nova Democracia em 2016, sucedendo nessa altura, precisamente, ao antigo primeiro-ministro Samaras.

Quanto ao suposto corte nos salários dos ministros gregos, aconteceu mesmo, só que foi aplicado em junho de 2012, quando o país (tal como Portugal) estava sob resgate financeiro da troika.

"O primeiro-ministro da Grécia, Antonis Samaras, anunciou, esta quinta-feira, um 'corte imediato' de 30% nos salários de todos os ministros e disse que vai 'limitar ao mínimo' a utilização dos veículos do Estado", informou o "Jornal de Notícias", no dia 21 de junho de 2012.

Em suma, esta publicação baseia-se em informação verdadeira, mas está grosseiramente desatualizada. Trata-se de um corte aplicado há mais de oito anos. Com a agravante de estar a ser novamente partilhada como se fosse atual, ou pelo menos recente, enganando muitos leitores. Ainda assim optamos pela classificação intermédia de "Impreciso".

______________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Parcialmente falso: as alegações dos conteúdos são uma mistura de factos precisos e imprecisos ou a principal alegação é enganadora ou está incompleta.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Impreciso
International Fact-Checking Network