O Polígrafo já verificou algumas dessas publicações sobre o cargo de governador do BdP em recentes artigos, mas continua a receber pedidos de leitores relativamente a novos conteúdos. Desta vez traça-se uma comparação com outros banqueiros centrais, alegando-se que o governador do BdP ganha mais do que os presidentes da Reserva Federal (EUA), do Banco Central Europeu (BCE), do Banco de Inglaterra e do Bundesbank (Alemanha).

Verdade ou falsidade?

Segundo os dados mais atualizados do BdP, referentes a 2018, Carlos Costa recebeu mensalmente 16.926,82 euros. Se tivermos em conta um ano com 14 salários, o governador do BdP terminou o ano com um salário de 236.975,48 euros. Ainda não foram divulgados os valores pagos em 2019 e 2020. 

E os referidos dirigentes de outros quatro bancos centrais? No caso da Reserva Federal (Fed), o banco central dos Estados Unidos da América (EUA), o salário anual do presidente é fixado pelo Congresso dos EUA. Para 2019, o valor foi de 203.500 dólares, ou seja, 180.308,12 euros à taxa de conversão atual (pode conferir aqui). É então verdade que Carlos Costa aufere um salário mais alto do que Jerome Powell, o atual presidente da Fed. 

Relativamente ao Banco Central Europeu, Mario Draghi recebeu em 2018 um salário anual de 401.400 euros (pode conferir aqui), ou seja, mais 164.424.52 euros do que Carlos Costa. Já em 2019, Draghi recebeu 339.950 euros até outubro, altura em que o seu mandato terminou. E a sucessora, Christine Lagarde, recebeu 67.990 pelos dois meses restantes. O total de salários pagos a presidentes nesse ano fixou-se nos 407.940 euros

Por sua vez, o salário do governador do Banco de Inglaterra foi fixado este ano em 495 mil libras, ou seja, 548.984,77 euros à taxa de conversão atual, sendo que o antigo governador, que esteve em funções até março deste ano, recebia ainda mais (pode conferir aqui). O salário base de Mark Carney era de 480 mil libras (532.348,87 euros) e este recebia ainda 250 mil libras anuais (277.265,03 euros) “refletindo as despesas de viver em Londres em vez de Ottawa”, cidade onde vivia antes de se tornar governador. 

Por fim, segundo o relatório de contas de 2019 do Bundesbank, banco central alemão, o respetivo presidente recebeu 474.018,49 euros nesse ano.

Assim, mesmo sem os dados mais atualizados do salário atual do governador do BdP, é errado dizer que este ganha mais do que os referidos quatro congéneres, uma vez que fica atrás de três e supera apenas o norte-americano.

__________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network