O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Garante-se no Facebook: “Revista alemã referiu-se a Zelensky como o ‘rei das mentiras'”

Ucrânia
Este artigo tem mais de um ano
O que está em causa?
Circula nas redes sociais uma alegada primeira página da revista alemã "Stern" sobre o presidente da Ucrânia em que se lê que esta publicação terá intitulado Zelensky de “rei das mentiras”. A informação é falsa e a imagem partilhada foi manipulada.

Desde que a Rússia invadiu a Ucrânia, a manipulação de imagens para disseminação de informação falsa tem sido uma constante. Muitas vezes, para reforçar a credibilidade de uma narrativa, os criadores destas montagens manipulam páginas e sites de jornais ou capturas de ecrã de reportagens televisivas.

Em maio, circulou nas redes sociais uma suposta primeira página da revista alemã “Stern” em que se vê uma imagem do presidente da Ucrânia acompanhada da legenda: “rei das mentiras”. A maioria dos posts tem sido escrita em alemão, como uma publicação encontrada pelo Polígrafo que contabiliza milhares de partilhas e onde a autora refere:”Há um ano, ele foi apelidado de rei das mentiras. Nada mudou até hoje.
Enganador e corrupto.”

Será a capa autêntica?

Não, a imagem foi manipulada e a alcunha pejorativa nunca foi atribuída pela publicação a Volodymyr Zelensky. O Polígrafo consultou o site da “Stern” e encontrou a edição original da revista mas com uma legenda diferente da partilhada nas redes sociais. Além disso, ao contrário do que é referido na publicação, a revista não tem um ano, foi para as bancas a 10 de março deste ano.

[instagram url=”https://www.instagram.com/p/Ca5AQG9qZY1/?utm_source=ig_embed&utm_campaign=loading”/]

Ao analisar a edição, percebe-se que a legenda que acompanha a imagem, escrita em alemão, não contém as palavras “rei das mentiras”, mas sim “herói da liberdade”. Logo, conclui-se que a imagem foi manipulada, sendo falso que a revista “Stern” tenha insultado o presidente da Ucrânia. Uma porta-voz da “Stern”, Ewgenia Klaschik, também garantiu à Agence France-Presse que a capa que tem circulado é falsa.

_________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque