Um momento de higiene infantil de rotina transformou-se numa situação complicada. Depois de ter comprado duas embalagens de soro fisiológico da marca Pingo Doce, a mãe abriu um dos frascos selados e aplicou o conteúdo numa das narinas da filha. O cheiro intenso a álcool fê-la questionar sobre que substância estaria dentro daquele frasco. Segundo conta numa publicação de Facebook, em vez de soro fisiológico, o que estava na embalagem era álcool gel.

“Confiando nos produtos desta marca, como até agora tinha acontecido, retirei a tampa e coloquei uma boa quantidade numa das narinas da minha filha, a qual reagiu com choro, o que é normal quando efetuamos este procedimento. O que não foi normal, foi o cheiro que senti a álcool que vinha do frasco. Coloquei um pouco na minha mão e reparei que era um líquido viscoso e com um cheiro forte. A minha filha em segundos apresentava uma grande sensação de desconforto e os olhos todos vermelhos”, conta numa partilha que pretende ser alerta para esta situação.

A situação motivou uma queixa junto da cadeia de supermercados Pingo Doce. A mãe decidiu ainda partilhar o momento para alertar outros consumidores para confirmarem os produtos antes de os usar. Mas será esta história real?

Contactado pelo Polígrafo, o Pingo Doce confirma que “teve conhecimento da situação após ter recebido duas embalagens de soro de uma cliente, ambas abertas, contendo uma soro fisiológico e outra álcool gel”.

"O Pingo Doce teve conhecimento da situação após ter recebido duas embalagens de soro de uma cliente, ambas abertas, contendo uma soro fisiológico e outra álcool gel. De imediato, solicitámos a análise de todos os lotes colocados no mercado durante o ano de 2020 e 2021, não tendo sido detetada qualquer irregularidade. Por prevenção, retirámos todos os lotes de venda e continuamos a acompanhar de perto a situação".

Devido a esta situação, a empresa solicitou uma análise “de todos os lotes colocados no mercado durante o ano de 2020 e 2021, não tendo sido detetada qualquer irregularidade”.

No entanto, o Pingo Doce avança que, “por prevenção”, todos os lotes de venda de soro fisiológico foram retirados de mercado.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Verdadeiro: as principais alegações do conteúdo são factualmente precisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Verdadeiro" ou "Maioritariamente Verdadeiro" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Assina a Pinóquio

Fica a par de todos os fact-checks com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Recebe os nossos alertas

Subscreve as notificações do Polígrafo e recebe todos os nossos fact-checks no momento!

Em nome da verdade

Segue o Polígrafo nas redes sociais. Pesquisa #jornalpoligrafo para encontrares as nossas publicações.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network