“Vergonha para a PSP. Aqui está uma pessoa idosa que vai buscar comida a uma cantina social não se consegue mover sem descansar um bocado para continuar a caminhar com uma bengala foi autuado em 200€ pela polícia isto não é o país que conheci é uma ditadura camuflada. Este senhor vive num quarto e recebe uma reforma de 200 euros. Chama-se Sr. Mendes é conhecido no marquês no Porto”, garante-se numa publicação no Facebook.

No mesmo post é partilhada uma fotografia que mostra um idoso sentado num banco de jardim e um agente da PSP que aparenta estar a autuar o cidadão.

PSP

A pedido de vários leitores o Polígrafo verifica a autenticidade dos factos descritos no post.

Contactada pelo Polígrafo, fonte oficial da Polícia de Segurança Pública (PSP) esclarece que "no passado dia 3, na Praça do Marquês, no Porto, agentes da PSP verificaram três cidadãos a conversar, sem observar o distanciamento social (dois metros), estando dois deles sem máscara. O terceiro cidadão, mais idoso, encontrava-se sentado num banco de jardim, sinalizado com fitas para impedir o seu uso, e tinha máscara colocada no queixo".

Segundo a mesma fonte, "os agentes abordaram as pessoas, alertando-as para a necessidade de observarem as medidas de diminuição de risco de contágio, sendo que o cidadão mais idoso, após a advertência, colocou de imediato a máscara de forma correta e justificou o uso do banco pelo estado de cansaço em que se encontrava, necessitando de um momento de pausa".

A autoridade policial explica que, no entanto, "os cidadãos que não usavam qualquer máscara foram autuados". Assim, "quem fotografou e divulgou a situação, um dos cidadãos autuados, deturpa claramente o que ocorreu".

"Perante este cenário, os agentes ofereceram apoio e não registaram qualquer autuação, o que foi motivo de agradecimento pelo cidadão", garante a PSP.

A autoridade policial explica que, no entanto, "os cidadãos que não usavam qualquer máscara foram autuados". Assim, "quem fotografou e divulgou a situação, um dos cidadãos autuados, deturpa claramente o que ocorreu".

Em suma, conclui-se que o relato da publicação é falso. Apesar da PSP ter multado dois cidadãos que se encontravam sem máscara e em incumprimento do distanciamento social na via pública, o idoso que surge na fotografia sentado no banco de jardim não foi autuado.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network