A pandemia chegou sem avisar e obrigou a que a maioria dos locais abertos ao público se munissem de equipamentos de proteção individual, com o objetivo de salvaguardar a saúde de funcionários e clientes. Desde o álcool gel aos vidros acrílicos, as recomendações da Direção-Geral da Saúde foram-se multiplicando para evitar a propagação da Covid-19.

O local onde foi captada a fotografia não é óbvio. A imagem está a circular na aplicação "Whatsapp" como tendo sido tirada num posto de atendimento da Segurança Social em Vila Nova de Gaia, ainda que não haja qualquer símbolo que nos remeta para essa entidade.

Mas será autêntica?

Sim. Em nota enviada ao Polígrafo, fonte oficial do Instituto da Segurança Social afirma tratar-se de uma "situação isolada de iniciativa individual, num posto de atendimento de utilização esporádica, e que ocorreu antes da conclusão da entrega dos separadores em acrílico, no serviço de Vila Nova de Gaia".

A mesma entidade garante que a situação foi entretanto corrigida e que "os restantes postos de atendimento com maior contacto com o público daquele serviço já estavam devidamente equipados com separadores em acrílico", sublinhando que "foram disponibilizadas máscaras e viseiras de proteção individual para todos os atendedores, inclusive no posto em causa, e dispensadores com álcool gel desinfetante para mãos".

"Desde​ abril foram disponibilizados separadores em acrílico para os postos de atendimento presencial, ação social, fiscalização e verificação de incapacidades em todo o país, por se tratar daqueles com maior contacto com o público. Em breve serão entregues mais separadores em acrílico, com o intuito de apetrechar os restantes postos de atendimento", conclui.

Trata-se portanto de uma imagem verdadeira.

_______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network