“Passou agora na Globo: Neymar fura fila para tomar vacina antes de todo mundo. Esse é o ídolo de vcs?”, lê-se na mensagem publicada no Facebook, que acompanha uma fotografia do futebolista brasileiro a ser vacinado - e que deu origem a muitas críticas. O autor do texto não explica se o jogador teria sido vacinado no Brasil ou em França, país onde joga atualmente. 

Neymar

Mas será verdade que Neymar desrespeitou mesmo o protocolo da aplicação desta vacina, aproveitando-se da sua fama para já ter sido inoculado?

A resposta é não. A fotografia é verdadeira, mas não só não representa o processo de vacinação contra o SARS-Co-V-2, como tão pouco foi tirada nesta década.  A imagem foi captada em maio de 2010, no centro de treinos do Santos, clube brasileiro onde Neymar jogada, durante uma campanha de vacinação para o vírus H1N1 e a hepatite B.

A fotografia é verdadeira, mas não só não representa o processo de vacinação contra o SARS-Co-V-2, como tão pouco foi tirada nesta década.  A imagem foi captada em maio de 2010, no centro de treinos do Santos, clube brasileiro onde Neymar jogada, durante uma campanha de vacinação para o vírus H1N1 e a hepatite B.

A autarquia desta cidade da região metropolitana de São Paulo recorreu aos jogadores mais populares e carismáticos do clube para promover a “9ª Semana de Prevenção e Controle das Hepatites Virais”. Na época, o portal de notícias Globe Esporte divulgou a iniciativa, ilustrando-a com a fotografia que hoje, ilusoriamente, é sugerida como atual. 

Além disso, uma comparação entre fotografias de Neymar em maio de 2010 e em janeiro deste ano demonstra as diferenças físicas do atleta e comprova igualmente que a imagem não é recente. 

Em suma, é falso que a fotografia tenha captado o momento da vacinação de Neymar contra a Covid-19. A imagem tem cerca de 11 anos.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Siga-nos na sua rede favorita.
Pimenta na Língua
International Fact-Checking Network