"É como se a dor dessa criança perdida na guerra, ao lado do corpo da mãe, ultrapassasse a rede social, a imagem cruza a tela do celular e atinge o peito da gente! Enquanto uns brigam por dinheiro, morrem por disputa de terra, se rasgam por mesquinharias, outros só pedem pra se manter vivo, para poder voltar para casa, para ter um colo de mãe, um prato de comida", comenta-se num dos posts que partilham a imagem em causa no Facebook.

Importa sublinhar que na referida data, 24 de fevereiro, teve início a invasão da Ucrânia por forças militares da Rússia. Mas será esta fotografia autêntica e relacionada com a guerra na Ucrânia?

Não. Na verdade foi recolhida a partir de um filme de ficção russo, estreado em 2010.

A plataforma IMDb descreve esta obra cinematográfica como "um drama de guerra passado durante a invasão nazi da União Soviética em junho de 1941, quando as tropas soviéticas defenderam uma fortaleza na fronteira ao longo de nove dias".

É também na IMDb que encontramos uma imagem de divulgação da obra similar à partilhada nas redes sociais. Apesar de ser captada a partir de outro ângulo, é possível ver a mesma criança sentada junto ao corpo de uma mulher. Já a fotografia original está disponível no site oficial do filme.

De resto, esta mesma fotografia já tinha sido partilhada anteriormente de forma descontextualizada e enganadora, nomeadamente em 2014, aquando da eclosão do conflito armado na região de Donbass na Ucrânia.

__________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.