"Está a ver porque é que as esquerdalhas valem zero. Abram os olhos...", destaca-se numa publicação no Facebook, datada de 20 de dezembro. A imagem divulgada mostra Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda, num ato de oração numa igreja.

A fotografia é autêntica?

Não. Trata-se de uma imagem manipulada. Uma pesquisa inversa pela imagem, permite concluir que a mesma foi retirada de um artigo da revista brasileira "IstoÉ". A fotografia de Catarina Martins foi, portanto, sobreposta nesta imagem de fundo.

Contactada pelo Polígrafo, fonte oficial do Bloco de Esquerda garante que a fotografia não é verdadeira.

Aliás, é possível encontrar a fotografia de Catarina Martins utilizada na montagem em várias notícias sobre a XII Convenção Nacional do Bloco de Esquerda, que se realizou em maio deste ano. A imagem pertence ao banco de imagens da Agência Lusa e é da autoria do fotógrafo Manuel Fernando Araujo.

"A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins, reage durante a homenagem aos bloquistas que morreram desde a ultima convenção, durante a XII Convenção Nacional do Bloco de Esquerda, realizada no Pavilhão de congressos e desportos, Matosinhos, 22 de maio de 2021", lê-se na descrição da fotografia.

Apesar de estar agora a circular fora de contexto e como se fosse verdadeira, a imagem foi publicada inicialmente numa página de Facebook identificada enquanto página de "sátira/paródia".

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Adulterado: conteúdos de imagem, áudio ou vídeo que tenham sido editados ou sintetizados para além dos ajustes de clareza ou qualidade de formas que podem induzir as pessoas em erro; esta definição inclui emendas, mas não excertos dos conteúdos multimédia ou a apresentação de conteúdos multimédia fora do contexto; ao abrigo dos nossos Padrões da Comunidade, também removemos determinados vídeos manipulados produzidos por inteligência artificial ou aprendizagem automática e que provavelmente induziriam uma pessoa comum a acreditar que o interveniente do vídeo proferiu palavras que realmente não disse.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Manipulado
International Fact-Checking Network