"O Chega nem uma família portuguesa é capaz de arranjar para a sua campanha, teve de ir comprar a um branco, perdão, a um banco de imagens. Já agora, 'sempre' está mal escrito", descreve-se numa das múltiplas publicações partilhadas nas redes sociais e datada de 5 de setembro.

Na imagem em causa pode ver-se uma fotografia de uma família com a seguinte mensagem: "A família será sempre a base de uma sociedade. Vota CHEGA". Ao lado, a mesma reprodução com um provérbio bíblico: "Ensine ao seu filho o caminho correto, e mesmo quando for velho não se afastará dele (Provérbios 22:6)".

Confirma-se?

Sim. A imagem é da autoria de Nathan Dumlao e foi publicada pela primeira vez em maio de 2020 no banco de imagens gratuito "Unsplash". O autor da fotografia apresenta-se como um "consultor de marcas e criador de conteúdos residente em Los Angeles", indicando que procura "trabalhar com marcas e empresas para contar histórias com bonitas imagens e vídeos".

  • Chega alcança 21,4% das intenções de voto em sondagem?

    Um gráfico de uma sondagem política, alegadamente publicada pelo jornal "Nascer do Sol" em agosto, tem sido partilhado no Facebook. De acordo com a imagem, o Chega obtém 21,4% das intenções de voto, muito distante da CDU e do Bloco de Esquerda. Confirma-se?

A fotografia surgiu em várias páginas de Facebook do Chega, como a página dedicada ao núcleo de Santiago do Cacém e a página do vice-presidente do partido, Pedro dos Santos Frazão. "A família será sempre a base de uma sociedade saudável, de futuro e prosperidade", lê-se em ambas as publicações.

Conclui-se que a alegação do autor da publicação está correta. De facto, a fotografia pertence a um banco de imagens.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Verdadeiro: as principais alegações do conteúdo são factualmente precisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Verdadeiro" ou "Maioritariamente Verdadeiro" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network