"Ontem, nas comemorações do Dia da Vitória, um programa na TV russa exibiu imagens de veteranos de guerra enquanto as pessoas cantavam músicas da época, mas no fundo o que aparece é uma foto de Bonnie e Clyde, famosos bandidos nos anos 20/30"; "Colocaram a foto do casal de criminosos Bonnie e Clyde no espetáculo do Dia da Vitória, na Rússia, foi transmitido nas emissoras estatais e ninguém percebeu".

Estes tweets foram partilhados nos últimos dias, a par com uma imagem ilustrativa do momento em que o casal de criminosos norte-americanos, Bonnie e Clyde, apareceu no fundo das celebrações do Dia da Vitória.

Mas este momento aconteceu mesmo ou foi uma montagem?

Apesar de parecer caricato, é verdade. A 9 de maio, a televisão estatal russa transmitiu ao vivo um espetáculo musical para comemorar o Dia da Vitória. Durante a atuação de uma cantora, iam surgindo fotografias a preto e branco de casais que foram separados pela Segunda Guerra Mundial.

No entanto, a certa altura, a fotografia que surgiu no ecrã era dos famosos Bonnie e Clyde, um casal de criminosos que, durante a Grande Depressão, na década de 1930, roubou vários bancos e matou pelo menos 13 pessoas, incluindo nove polícias e quatro civis. Ainda mais insólito é o facto de Bonnie e Clyde terem sido mortos em 1934, ou seja, cinco anos antes do início da guerra.

De acordo com o think tank "Atlantic Council", a rede de televisão do Kremlin exibiu, de facto, a fotografia de Bonnie e Clyde do início do século XX e, mais tarde, "tentou corrigir o erro, reeditando a versão online do concerto".

"A 9 de maio, enquanto a Rússia comemorava a derrota da Alemanha nazi, a emissora estatal "Channel One" transmitiu o espetáculo para uma audiência nacional. Ao longo da apresentação, o canal exibiu um cenário de fotografias a preto e branco, supostamente representativas de veteranos soviéticos da Segunda Guerra Mundial e de outras pessoas afetadas pela guerra. Uma das fotos, no entanto, mostrava Bonnie e Clyde", relata o mesmo portal.

A gravação inicial incluía um close-up do momento em que a fotografia foi exibida no espetáculo. O Laboratório de Pesquisa Forense Digital comparou a gravação com a versão online do espetáculo, que mais tarde foi difundida no portal do Channel One.

"A versão online parece estar editada; em vez de exibir o close-up da foto, opta por só a mostrar à distância. A fotografia de Bonnie e Clyde, no entanto, ainda é visível", escreve o "Atlantic Council". O "Channel One "é considerado um meio de propaganda de Putin.

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
International Fact-Checking Network