As eleições brasileiras têm sido caracterizadas pelo fenómeno da desinformação. Todos os dias os sites de fact-checking identificam informações manipuladas com objetivos políticos. Nesse particular, Fernando Haddad, candidato do Partido dos Trabalhadores, tem sido especialmente fustigado. Esta semana foi partilhada milhares de vezes nas redes sociais uma imagem (bem como um vídeo) que sugere que Haddad "é o criador do kit gay para crianças de 6 anos".  O site Aos Fatos verificou a informação e concluiu que a mesma é falsa. Não é verdade.

Fernando Haddad

O que é o kit gay?

Trata-se do projeto Escola Sem Homofobia , criado em 2011 por organizações ligadas à defesa dos direitos da comunidade LGBT, em parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, dependente do Ministério da Educação, que então era gerido por Fernando Haddad. Entre os objetivos do programa (que incluía três vídeos, seis boletins e um caderno feito para os professores/educadores) nunca esteve a promoção de qualquer tipo de opções sexuais - apenas a aceitação da comunidade LGBT por parte não de crianças de 6 anos, como erradamente refere a propaganda, mas por estudantes do ensino médio, adolescentes e pré-adolescentes.

Por considerar que as mensagens que estavam a ser disseminadas eram suscetíveis de enganar a população "com prejuízo do debate político", o ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Carlos Horbach, mandou retirar das redes sociais todos os vídeos e imagens que ligam Fernando Haddad ao "kit gay".

Por estas razões, afirmar que Fernando Haddad é o criador do "kit gay" é...

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network