“A 'luta contra a desinformação' é a censura do século XXI.” Esta é uma das frases presentes numa publicação que tem circulado nas redes sociais nos últimos dias, na qual se garante que o Facebook “vai começar a banir contas que neguem a existência da Covid-19 ou que incentivem a falta de distanciamento social e de máscara”.

A imagem partilhada trata-se de uma suposta captura de ecrã de uma outra publicação e dá conta que a medida entrou em vigor na quarta-feira, dia 1 de dezembro de 2021. Uma das publicações encontradas pelo Polígrafo remete para uma hiperligação dos Padrões da Comunidade do Facebook na qual constaria esta nova norma.

Confirma-se?

O Polígrafo analisou a hiperligação para a qual a imagem remete, bem como a página de Facebook oficial da Meta (a dona da rede social fundada por Mark Zuckerberg), e não encontrou qualquer referência à alegada medida.

Também na página da Meta dedicada à desinformação sobre o vírus SARS-CoV-2 não foi encontrada informação relacionada com uma nova vaga de eliminação de contas que neguem a existência do vírus.

O Facebook anunciou em março de 2020 que iria eliminar conteúdos falsos relacionados com a pandemia da Covid-19. Nesse plano, um relatório divulgado esta quarta-feira, dia 1 de dezembro, dá conta da eliminação de uma rede ligada à antivacinação que assediava médicos, jornalistas e outros profissionais em Itália e em França.

Também neste relatório não é possível encontrar menção a um eventual banimento de contas que neguem a existência da Covid-19 ou que incentivem a falta de distanciamento social e de máscara.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Falso
International Fact-Checking Network