"Ex-diretor do IPO Porto, Laranja Pontes, depois de ser constituído arguido, vai ser condecorado por Marta Temido!" Esta é a mensagem de um meme viral que circula nas redes sociais, com as imagens da atual ministra da Saúde, Marta Temido, e do ex-presidente do Conselho de Administração do Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto, José Laranja Pontes.

Confirma-se que o ex-presidente do IPO do Porto vai ser (ou já foi) condecorado pela ministra da Saúde depois de ser constituído arguido na "Operação Teia"? Verificação de factos, solicitada por muitos leitores do Polígrafo.

Sim, é verdade. A notícia foi dada em primeira mão pelo Porto Canal e passamos a transcrever: "Laranja Pontes, antigo presidente do IPO do Porto, vai ser premiado pelo Ministério da Saúde com a medalha de serviços distintos, Grau Ouro. A lista é formada por 23 pessoas e a distinção vai ser feita depois de o antigo presidente do IPO ter sido constituído arguido na 'Operação Teia', tendo saído em liberdade após pagamento de caução de 20 mil euros. Contactado pelo Porto Canal, o Ministério da Saúde não respondeu a esta questão".

O Polígrafo confirmou esta informação, tendo consultado o despacho publicado em "Diário da República", a 2 de julho de 2019 (pode conferir aqui), que determinou a "concessão de distinção de mérito e de medalhas de serviços distintos, grau ouro, do Ministério da Saúde", a um total de 32 instituições e personalidades, entre as quais Laranja Pontes.

Recorde-se que, no início de junho, o mesmo Laranja Pontes foi constituído arguido no âmbito da "Operação Teia", sob suspeita de favorecer empresas de Manuela Couto (também arguida, tal como o seu marido, Joaquim Couto, ex-presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso) em troca da influência política do casal Couto para se manter em funções no IPO do Porto.

O despacho que atribuiu as condecorações é da responsabilidade da ministra da Saúde e foi assinado no dia 17 de junho, mais de duas semanas depois de Laranja Pontes (um dos condecorados) ter sido constituído arguido. Pelo que a publicação em análise é verdadeira.

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro