O primeiro jornal português
de Fact-Checking

EUA provaram a vitória de Bolsonaro – e não de Lula da Silva – nas eleições brasileiras de 2022?

Internacional
Este artigo tem mais de um ano
O que está em causa?
Em várias publicações a circular no Facebook nos últimos dias defende-se que os EUA teriam provado que houve fraude nas eleições brasileiras de 2022. Ou seja, que o vencedor foi Jair Bolsonaro e não Lula da Silva. Será verdade que as autoridades norte-americanas chegaram a esta conclusão?

Numa publicação de 20 de junho destaca-se na legenda: “Estados Unido confirmaram a vitória de Bolsonaro”. O post divulga uma imagem em que se afirma ainda que a “C.I.A [Agência Central de Inteligência dos EUA] promete contar a verdade aos brasileiros“. Questiona-se ainda se existem ministros na fraude, adiantando-se que se tal se confirmar, se saberá em breve.

Em causa estão as eleições de 2022 que colocaram frente a frente Jair Bolsonaro e Lula da Silva, com o último a conquistar a presidência do Brasil pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Será que os EUA validaram mesmo a vitória de Bolsonaro neste ato eleitoral?

Não. A informação é completamente falsa. Além de não ser apresentada qualquer fonte ou prova que corrobore a alegação, a “Agência Lupa” questionou a Embaixada dos EUA no Brasil que negou as informações e enfatizou o respeito pelas instituições democráticas do Brasil. “A Embaixada e Consulados dos EUA informam que a informação publicada é falsa. Ressaltamos também que os EUA reafirmam seu respeito às instituições democráticas brasileiras”, garantiu fonte oficial da representação diplomática norte-americana.

O jornal de verificação de factos brasileiro lembra ainda que as eleições de 2022 foram acompanhadas por diversas “missões de observação eleitoral”, formadas por “entidades nacionais e internacionais para acompanhar e avaliar as eleições brasileiras“. E que em diferentes documentos, essas organizações atestaram a segurança do sistema eleitoral.

O Polígrafo já verificou outras alegações relacionadas com os resultados eleitorais das presidenciais brasileiras. Em dezembro de 2022 as redes sociais já estavam inundadas com hipóteses sobre ter existido fraude no apuramento dos votos que deram a vitória a Lula da Silva. Mas todas eram falsas, tal como agora.

_____________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque