"Aqui está um sinal de perigo desta ponte, os pilares estão corroídos até baixo com rachaduras. Isto cai tudo se se tocar. Está uma lástima. É preciso que os técnicos venham aqui com a maré vazia e comecem a fazer cálculos porque não é brincadeira nenhuma", pode ouvir-se num dos vídeos partilhados. E alerta-se: "Técnicos da Câmara Municipal de Lagos façam o favor de vir inspecionar esta ponte com a maré vazia que precisa de obras."

Num outro vídeo, pode mesmo ver-se parte do revestimento da ponte a ceder ao toque.

Mas será que a ponte está mesmo em risco de colapso?

As imagens e os vídeos são autênticos e a ponte em questão foi construída em meados da década de 1990, sobre a Ribeira de Bensafrim, na cidade de Lagos.

O Polígrafo questionou fonte oficial da Câmara Municipal de Lagos que, em resposta, assegurou que "a estrutura a que se referem as imagens divulgadas não evidencia risco de colapso, nem estão previstas quaisquer obras de requalificação na mesma".

A mesma fonte garantiu que a estrutura "é objeto de monitorização e acompanhamento, relativamente a eventuais patologias que as mesmas evidenciem, bem como relativamente a obras de requalificação que se tornem necessárias introduzir".

A autarquia algarvia informa também que tem em curso "a avaliação da contratação de trabalhos de inspeção por parte do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) relativamente à evolução/progressão de algumas patologias que os pilares da estrutura apresentam, bem como da Ponte junto à EM535, sobre a Ribeira de Bensafrim".

Em suma, de acordo com a Câmara Municipal de Lagos, a ponte não está em risco de colapso e não representa qualquer perigo para os seus utilizadores.

______________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network