Encontramos vários posts deste vídeo, com descrições em diversos idiomas, apontando no mesmo sentido: os mais sofisticados caças da atualidade, os F-22 Raptor, produzidos nos Estados Unidos da América (EUA), estão a combater nos céus da Ucrânia contra os Sukhoi Su-35 da Rússia.

Mas a resolução das imagens é tão baixa que não é possível identificar a origem do vídeo, nem sequer identificar as aeronaves em causa.

De qualquer modo, o facto é que os caças F-22 Raptor são detidos e operados exclusivamente pela Força Aérea dos EUA. Ou seja, mais nenhum país do mundo dispõe atualmente de uma única aeronave deste modelo, fabricado pela empresa norte-americana Lockheed Martin.

A plataforma "Lead Stories" também analisou este vídeo e questionou diretamente a Força Aérea dos EUA sobre a alegada operação de caças F-22 Raptor nos céus da Ucrânia, a qual respondeu sublinhando que "embora não esteja em vigor nenhuma proibição de exportação dos F-22, apenas os EUA detêm e operam essa aeronave".

Por outro lado, a mesma fonte remeteu para declarações recentes do secretário de imprensa do Pentágono, John F. Kirby, que garantiu, a 2 de março, que os EUA não têm "nenhuma aeronave, tripulada ou não tripulada, a voar no espaço aéreo ucraniano".

___________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Falso
International Fact-Checking Network