Nas múltiplas publicações do vídeo em causa, que circula nas redes sociais desde o início da guerra, tanto se indica que mostra soldados ucranianos como soldados russos em combate na presente guerra. Também há versões neutras que não identificam a nacionalidade dos soldados, mas apontam para o mesmo conflito militar na Ucrânia.

Vários leitores do Polígrafo têm dúvidas e pedem uma verificação.

Através de ferramentas de análise como a "TinEye" e a "InVID" chegamos a um vídeo publicado no YouTube, a 21 de dezembro de 2010, que revela ser praticamente idêntico. Ou seja, há mais de uma década.

O vídeo original apresenta uma maior resolução que permite identificar uma bandeira da França num dos camuflados, além de a paisagem montanhosa circundante se assemelhar mais à cordilheira Hindu Kush do que aos Cárpatos.

Retrata, na verdade, soldados franceses em combate no Afeganistão, integrados na Força Internacional de Apoio à Segurança (ISAF) que executou uma missão naquele país entre 2001 e 2014.

Não tem qualquer relação com a presente Guerra Russo-Ucraniana, ao contrário do que se alega nas redes sociais.

________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Falso
International Fact-Checking Network