O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Este vídeo que retrata criança israelita a apelar à calma foi gravado depois do ataque do Hamas?

Guerra Israel-Hamas
O que está em causa?
Partilhado viralmente no Facebook e Instagram, mostra um "menino judeu" que terá tido "uma visão em Israel", na sequência dos ataques do Hamas a 7 de outubro. "O Senhor mandou-nos arrepender, para manter a calma, o senhor falou para mim", terá dito, com uma expressão chorosa.

“Atentem para isso que aconteceu com essa criança em Israel, o que ela ouviu e quem disse”. Um vídeo que se tornou viral nos últimos dias parece conter um testemunho de uma mensagem providencial passada através de uma criança, que se deduz ser israelita pelo seu idioma (hebraico). O contexto temporal – presente, em plena guerra entre Israel e o Hamas – é dado pelo texto das publicações que introduzem o clip.

No vídeo, de 30 segundos, um miúdo deitado e a choramingar começa por dizer que quer fazer “teshuvá” [significa retorno, arrependimento pelos pecados]. Seguidamente, uma voz feminina (que se depreende ser a da sua mãe) pergunta-lhe o que quer dizer com aquilo. O menino diz-lhe então que significa “estar calmo”.

A voz da mulher questiona-o, então, sobre quem lhe tinha dito aquilo. A criança responde, apontando para o tecto/céu: “Elohim [um dos termos usado em hebraico para designar Deus]. Ele disse-me que está lá em cima.”

Noutra publicação do mesmo clip de vídeo, mas no Instagram, descreve-se da seguinte forma: “Menino judeu tem uma visão em Israel. ‘O Senhor mandou-nos arrepender. Para manter a calma. O Senhor falou para mim. Ele apareceu bem ali.’ É tempo de voltar para Ele, porque Ele está muito próximo!”

Os ataques do Hamas contra Israel ocorreram no dia 7 de outubro. Estas publicações do vídeo em causa surgiram após tais ataques – que levaram ao reacendimento da guerra israelo-palestiniana – e estão a ser partilhados nesse contexto.

No entanto, através de ferramentas de pesquisa apura-se que o clip tem origem num vídeo que já tinha sido publicado no YouTube a 27 de julho, mais de dois meses antes dos ataques do Hamas.

Mais precisamente na conta do utilizador Yaniv Vered (pode ver aqui), com o seguinte título: “Um menino de grande alma que quer se arrepender para ficar calmo” (tradução livre).

É, como tal, falso que este vídeo seja atual, ou tenha sido gravado já após a nova escalada do conflito entre o Hamas e Israel. Foi gravado, pelo menos, há 2,5 meses.

_________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque