Com uma bandeira da Ucrânia a esvoaçar na traseira, o tanque avança a grande velocidade na direção de uma barricada, rodeada por civis, numa rua de Mariupol, região de Donbass. Um dos civis (não parece estar armado) lança pedras contra o veículo blindado e quase é atropelado quando este galga a barreira de pneus e madeira em chamas, abrindo uma passagem que depois é atravessada por vários outros tanques do Exército ucraniano.

Ou assim se descreve nas múltiplas publicações deste vídeo que encontramos nas redes sociais, apresentando as imagens como se tivessem sido captadas durante a presente guerra da Ucrânia, país invadido por forças militares da Rússia. Verdadeiro ou falso?

Através de ferramentas de análise de imagens, nomeadamente a "TinEye" e a "InVID", identificamos a origem das imagens num vídeo publicado em maio de 2014 na página "Military.com", sediada nos Estados Unidos da América (EUA) e dedicada a matérias de Segurança & Defesa.

Trata-se de um vídeo amador que regista a passagem de vários tanques de modelo BMD, do Exército ucraniano, sobre uma barricada que tinha sido montada numa rua de Mariupol, cidade localizada no Sudeste da Ucrânia, na região de Donbass.

O mesmo vídeo também foi publicado no canal da RT (estação de televisão russa, detida pelo Estado, atualmente bloqueada nos países da União Europeia) na plataforma YouTube.

Nessa altura, as forças militares ucranianas combatiam os separatistas pró-Rússia nas regiões de Donetsk e Lugansk, no Leste da Ucrânia. Ou seja, as imagens do vídeo foram captadas em 2014 e não têm qualquer relação com a presente invasão da Ucrânia por forças militares da Rússia, iniciada na madrugada de fevereiro de 2022.

________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.