O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Este vídeo mostra vacas mortas após terem sido inoculadas com vacinas mRNA?

Geração V
O que está em causa?
Na rede social X está a ser difundido um vídeo que mostra diversos animais mortos numa fazenda em Itália, alegando que estas mortes foram causadas pela vacina mRNA. Será verdade? O Polígrafo verifica.

“Estes são os resultados de vacinar o gado com a mRNA“, começa por se ler num tweet que partilha um vídeo gravado, alegadamente, numa fazenda em Piemonte, Itália.

Nas imagens surgem vários animais mortos devendo-se, segundo a publicação feita no X, à inoculação do gado “contra a doença da moda” com a vacina mRNA. Segundo o tweet, os veterinários vacinam o gado e, logo depois, os animais morrem.

“Esta é uma operação coordenada que se passou a nível mundial para arruinar os agricultores de pecuária e criar fomes“, conclui a mesma publicação que conta com mais de 318 mil visualizações.

Esta alegação tem fundamento?

Não. Após uma análise das imagens em causa, conclui-se que o vídeo não é recente, tendo sido partilhado originalmente em agosto de 2022.

A morte destes bovinos (50 no total) deveu-se, segundo uma investigação do Instituto Zooprofiláctico Experimental, à ingestão de sorgo, uma planta que, quando se encontra numa fase inicial de crescimento, contém uma grande quantidade de “durrina”.

Esta substância, presente na planta, é responsável pela produção de ácido cianídrico criando intoxicações que podem ser fatais nos bovinos, especialmente se consumido em grandes quantidades e se o animal não beber bastante água, o que sucedia tendo em conta o grave estado de seca que o país atravessava.

A investigação concluiu que “em todos os casos, a substância tóxica estava presente em quantidades elevadas, o suficiente para causar intoxicações fatais em bovinos, principalmente por stress hídrico, devido ao grave estado de seca”.

A mRNA a que se refere o tweet é uma tecnologia que foi utilizada na produção de vacinas para humanos, contra a Covid-19. Esta não tem qualquer relação com a morte destes animais no vídeo em causa.

Em suma, a afirmação de que a mRNA é a causadora de diversas mortes de bovinos em Itália é falsa e o vídeo é utilizado como veículo de desinformação.
_______________________________

Geração V

Este artigo foi desenvolvido pelo Polígrafo no âmbito do projeto “Geração V – em nome da Verdade”, uma rede nacional de jovens fact-checkers. O projeto foi concretizado em parceria com a Fundação Porticus, que o financia. Os dados, informações ou pontos de vista expressos neste âmbito, são da responsabilidade dos autores, pessoas entrevistadas, editores e do próprio Polígrafo enquanto coordenador do projeto.

*Texto editado por Marta Ferreira.

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque