"O presidente Zelensky da Ucrânia, vestindo farda militar para lutar junto ao seu Exército na guerra. Isso sim se chama amor à pátria, isso sim é um presidente de respeito". Assim se descreve a imagem num post com milhares de partilhas no Facebook, mas tem sido difundida em várias línguas e também noutras redes sociais como o Twitter.

É verdade que retrata o atual presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, mas não foi captada recentemente, na sequência da invasão daquele país por forças militares da Rússia que se iniciou na madrugada de 24 de fevereiro.

Através de uma pesquisa na aplicação "TinEye" encontramos a origem da imagem na página institucional da Presidência da Ucrânia, juntamente com outras fotografias captadas durante uma "viagem de trabalho" do presidente Zelensky à região ucraniana de Donbass, precisamente o epicentro do conflito com a Federação Russa que, na véspera da invasão, reconheceu a independência dos territórios separatistas de Donetsk e Lugansk, situados nessa região do Leste da Ucrânia.

Essa "viagem de trabalho" ocorreu em abril de 2021. "O presidente vai visitar as posições da linha, onde o regime de cessar-fogo abrangente e permanente tem sido sistematicamente violado, recentemente, e onde defensores ucranianos foram mortos e feridos como resultado de bombardeios inimigos", lê-se no texto sobre a iniciativa de Zelensky.

Ou seja, a imagem é autêntica, mas não é atual. Está a ser partilhada de forma enganadora, com uma descrição falsa.

___________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.