"Tragédia em Portugal para breve. Um membro do nosso grupo, após passar a pé por debaixo do viaduto do IP3 na zona de Penacova, pode ver-se um dos pilares da ponte a ficar a descoberto, perdendo a sua força", lê-se no post de 24 de junho no Facebook, mostrando uma imagem do pilar do viaduto junto a um terreno que parece estar em processo de ravinamento.

"De relembrar que nesta ponte passam todos os dias diversos carros, camiões e autocarros, onde pode acontecer a cada um", conclui-se na mensagem de uma publicação que se tornou viral, através de milhares de interações e partilhas.

Questionada pelo Polígrafo, fonte oficial da Infraestruturas de Portugal (IP) confirma a autenticidade da imagem e a localização deste viaduto no IP3, o itinerário que liga Coimbra a Viseu. Informa também que tem conhecimento da situação descrita e que "tem vindo a monitorizar a sua evolução".

"Importa referir que o ravinamento visível nas imagens está ainda distante da face do pilar, pelo que não representa um risco iminente para a estabilidade do viaduto e segurança dos utilizadores do IP3", garante a mesma fonte.

A empresa pública que gere as infraestruturas rodoviárias em Portugal assegura que "tem previsto realizar em breve uma intervenção de regularização/reposição do leito da linha de água [do rio Mondego], de modo a impedir a evolução desfavorável do referido ravinamento".

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
International Fact-Checking Network