Quem poderia imaginar que um cientista formado em Física Teórica e Filosofia da Ciência, diretor de pesquisa na Comissão de Energia Atómica e Energias Alternativas (CEA) de França, dedicar-se-ia a fotografar uma rodela de chouriço sobre um fundo negro e a exibi-la no Twitter como se tivesse sido captada pelo telescópio espacial James Webb e mostrasse a Proxima Centauri, estrela mais próxima do Sol? Mas foi exatamente o que aconteceu no dia 31 de julho.

No Twitter, ao publicar a imagem enganadora, Étienne Klein escreveu a seguinte mensagem (tradução livre a partir do original em língua francesa):

"Fotografia de Proxima Centauri, a estrela mais próxima do Sol, situada a 4,2 anos-luz de distância de nós. Foi tirada pelo telescópio espacial James Webb. Este nível de detalhe... Um novo mundo é revelado dia após dia."

Ora, muitas pessoas acreditaram na patranha de Klein e partilharam a imagem do chouriço como se fosse de uma estrela anã vermelha, a mais comum da galáxia Via Láctea.

Nos comentários ao tweet, porém, começaram a ser levantadas dúvidas sobre a autenticidade da imagem e Klein acabou por sugerir implicitamente que se tratou de uma brincadeira:

"Bem, quando é hora de cocktail, o viés cognitivo parece encontrar muita coisa para desfrutar... Cuidado com isso. De acordo com a cosmologia contemporânea, nenhum objetivo relacionado com a charcutaria espanhola existe noutro qualquer lugar além da Terra."

Perante a subida de tom das críticas, Klein acabou por reconhecer mais explicitamente que se tratou de "uma piada", sublinhando: "Vamos aprender a ser cautelosos com os argumentos de posições de autoridade, tanto quanto com a eloquência espontânea de certas imagens."

Mais recentemente, o cientista pediu mesmo desculpa pela farsa, assegurando que a sua intenção consistia em "pedir cautela em relação a imagens que parecem falar por si mesmas".

Também publicou entretanto uma imagem ("desta vez genuína") da galáxia Cartwheel, realmente captada pelo telescópio espacial James Webb e situada a 500 milhões de anos-luz da Terra.

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
International Fact-Checking Network