O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Em 1974 a pensão média equivalia a 146 euros e, meio século depois, é de apenas 520 euros?

Sociedade
O que está em causa?
Poucos dias depois das celebrações dos 50 anos do 25 de Abril, há quem compare nas redes sociais os valores associados aos salários e às pensões de então. Será que desde 1974 a pensão média só aumentou 374 euros? Se ajustarmos os montantes à inflação, sim.

No Facebook, numa publicação de 26 de abril, garante-se que a pensão média cresceu apenas 374 euros desde 1974, ou seja, há precisamente meio século. Em causa valores ajustados à inflação, um detalhe que o post não transmite.

Segundo a Pordata, que agrega o valor médio anual das pensões de velhice, invalidez ou sobrevivência pagas pela Segurança Social desde 1960, no ano da revolução este indicador atingia os 53,4 euros. Ajustado à inflação, o montante sobe para os 2041 euros, ou seja, para os 146 euros mensais (a 14 meses). Quase 50 anos depois (dados para 2022), a pensão média situa-se nos 6734,7 euros anuais.

Este valor inclui todos os regimes de pensões de velhice, de invalidez e de sobrevivência e resulta num montante mensal de 481 euros (502 euros com ajuste à inflação), um valor próximo do mencionado no post.

Em suma, é verdade que, em valores reais, a pensão média aumentou pouco mais que 350 euros desde 1974.

______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque