“Este finalmente acordou para o problema, já vai tarde.” São estas as palavras escolhidas por uma conta do Twitter para descrever uma notícia alegadamente publicada no site da CNN Portugal às 17h16 do dia 10 de abril. No suposto artigo constam duas afirmações atribuídas a Jerónimo de Sousa sobre imigração.

Em primeiro lugar, segundo a imagem, o secretário-geral do PCP terá dito que “a imigração afro-brasileira descontrolada é o que mais prejudica o trabalhador português”. Mais adiante, debaixo de uma fotografia do político, lê-se que “o secretário-geral comunista vê o antirracismo como ‘pretexto para os grupos económicos importarem mão de obra barata’”.

Estas afirmações são verdadeiras?

Não. Jerónimo de Sousa nunca disse que “a imigração afro-brasileira descontrolada é o que mais prejudica o trabalhador português”, nem que o antirracismo “é um pretexto para os grupos económicos importarem mão de obra barata”. Além disso, a imagem da suposta notícia da CNN Portugal é manipulada, dado que o artigo original tem outro título e outro enfoque.

O Polígrafo pesquisou as afirmações alegadamente proferidas pelo secretário-geral do PCP e não encontrou nenhuma notícia nos órgãos de comunicação portugueses, nem em qualquer outra plataforma sobre este assunto ou com estas declarações. Este é o primeiro indicador de que a informação será falsa.

Depois, ao verificar no site da CNN Portugal a hora e o dia em que a suposta notícia teria sido publicada, encontra-se um artigo com a mesma fotografia presente na publicação, mas com um título e um tema diferente. O título da notícia original não refere a imigração: “Jerónimo de Sousa diz que escalada da guerra e sanções à Rússia ‘não servem’ a paz."

Mais abaixo, na mesma notícia, lê-se que o “secretário-geral comunista vê as sanções como ‘pretexto para os grupos económicos fomentarem a especulação’”. Assim sendo, conclui-se que a imagem em circulação é manipulada.

Contactada pelo Polígrafo, fonte oficial do PCP confirma a informação é falsa e que Jerónimo de Sousa nunca disse esta frase, nem “nunca disse nada próximo disso sequer”.

Em suma, as declarações presentes na publicação nunca foram proferidas pelo secretário-geral do PCP e a imagem em circulação nas redes sociais é manipulada.

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
International Fact-Checking Network