Salvador Ramos entrou numa escola primária (Robb Elementary School, no Estado do Texas) com uma pistola e uma espingarda semiautomática e matou pelo menos 19 crianças e dois professores. Antes disso, baleou a própria avó. Tinha 18 anos, acabou por ser abatido pela polícia no local e as repercussões do caso ainda agora estão a chegar às redes sociais.

Alguns políticos e figuras americanas não tardaram a reagir a mais um tiroteio nos Estados Unidos e Ted Cruz, senador conservador republicano, não foi exceção: "Eu e a Heidi estamos a orar fervorosamente pelas crianças e famílias do terrível tiroteio em Uvalde. Estamos em contato próximo com as autoridades locais, mas os detalhes mais precisos ainda estão a ser revelados. Obrigado aos heróicos polícias e socorristas por agirem tão rapidamente."

Na rede social recém comprada por Elon Musk, ou no Facebook, este tweet foi copiado dezenas de vezes e disposto numa imagem só, onde Ted Cruz aparenta escrever exatamente a mesma coisa em todos os tiroteios que aconteceram nos Estados Unidos (os prints vão até 2012 e incluem os tiroteios em Parkland, Flórida e Newtown, Connecticut). Mas a verdade é que apenas o tweet sobre Uvalde é autêntico. Não há qualquer registo de que o senador tenha escrito os restantes 11 tweets incluídos na imagem.

Uma breve análise à conta de Ted Cruz no Twitter mostra que este fez diferentes declarações após cada tiroteio. Muitos deles seguem, claro, padrões semelhantes, mas nenhum deles foi copiado e colado, como sugerem vários dos posts em análise. Seguem alguns dos exemplos encontrados pelo Polígrafo.

Sobre o tiroteio que matou 10 pessoas num supermercado em Buffalo, a 16 de maio: "Heidi e eu estamos a orar pelas famílias das vítimas do terrível tiroteio em Buffalo, NY. O assassino deve ser processado à extensão máxima da lei. O racismo e o antissemitismo que supostamente motivaram esse assassino não têm lugar nos Estados Unidos. Sou grato por existirem heróis como o segurança Aaron Salter Jr., polícia reformado, que lutou e perdeu a sua vida ao defender aqueles que estavam ao seu redor."

Sobre o tiroteio de 3 de agosto de 2019, que vitimou 23 pessoas num Walmart, no Texas: "O meu coração está com todos em El Paso que foram atingidos por este mal indescritível. Eu e a Heidi estamos a orar pelas vítimas e pelas suas famílias e estamos gratos pelos socorristas, autoridades locais e polícias que trabalham incansavelmente para levar o perpetrador deste ato depravado à justiça."

Sobre o tiroteio de 18 de junho de 2015, na Carolina do Sul, no qual morreram nove pessoas: "Os meus pensamentos e orações estão com as famílias das vítimas do tiroteio de ontem à noite em Charleston."

_________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Falso
International Fact-Checking Network