O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Debates Europeias. Marta Temido: “Portugal é um dos únicos três países que realizaram e receberam quatro pedidos de pagamento do PRR”

União Europeia
O que está em causa?
A candidata do PS às europeias de 9 de junho acredita que Portugal tem condições para cumprir todas as metas do PEE, mesmo sabendo "que isso é muito difícil". Afinal, "Portugal é um dos únicos três países que realizaram e receberam quatro pedidos de pagamento do PRR". Confirma-se?

No debate desta noite, na TVI, a cabeça de lista do PS lembrou que Portugal recebeu já quatro pedidos de pagamento do PRR, sendo apenas um de três países que já receberam quatro pedidos de pagamento. Segundo Marta Temido, Portugal tem todas as condições para cumprir as metas do PRR, desde que o Governo se empenhe no cumprimento das metas. “Todos os esforços estavam a ser feitos nesse sentido”, disse, e “a execução financeira do PRR é superior à média europeia”.

Confirma-se que só três países receberam quatro pagamentos do PRR? E que Portugal é um deles?

Segundo a Comissão Europeia (CE), num comunicado de 28 de dezembro de 2023 em que se anunciava o pagamento a seis estados-membros, apenas Portugal e Itália tinham recebido quatro pagamentos até essa data. A Alemanha estava ainda na primeira tranche (de 4 mil milhões de euros), a Grécia na terceira (3,64 mil milhões de euros) e a Eslováquia na terceira também (662 milhões de euros). O Polígrafo confirmou ainda, um a um, os 23 estados-membros que estão a beneficiar das ajudas europeias.

A 5 de abril, porém, a Croácia, que já tinha feito o pedido para o quarto pagamento em dezembro, conseguiu a autorização para receber o montante de 306 milhões de euros. Quanto a Portugal, a terceira e quarta tranches foram pedidas em outubro (2023) e autorizadas em dezembro do último ano (num valor total de 2,46 mil milhões de euros). Na Itália, o quarto pagamento de 16,5 mil milhões de euros foi pedido em setembro e pago em dezembro.

_______________________________

UE

Este artigo foi desenvolvido pelo Polígrafo no âmbito do projeto “EUROPA”. O projeto foi cofinanciado pela União Europeia no âmbito do programa de subvenções do Parlamento Europeu no domínio da comunicação. O Parlamento Europeu não foi associado à sua preparação e não é de modo algum responsável pelos dados, informações ou pontos de vista expressos no contexto do projeto, nem está por eles vinculado, cabendo a responsabilidade dos mesmos, nos termos do direito aplicável, unicamente aos autores, às pessoas entrevistadas, aos editores ou aos difusores do programa. O Parlamento Europeu não pode, além disso, ser considerado responsável pelos prejuízos, diretos ou indiretos, que a realização do projeto possa causar.

_______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque