"O PAN, com uma deputada única, foi o partido que mais medidas fez avançar", garantiu Inês Sousa Real esta noite, no debate com André Ventura emitido na RTP3. Estava a referir-se ao número de iniciativas aprovadas na Assembleia da República, nas duas sessões da XV Legislatura.

Respondia assim às críticas que lhe foram dirigidas por André Ventura, líder do Chega, que acusou o PAN de estar "agarrado ao poder como uma lapa" - tanto na Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, em que mantém um acordo de incidência parlamentar com o Governo de coligação PSD/CDS, como na Assembleia da República, tendo Ventura recordado que o PAN votou contra as moções de censura ao Governo do PS.

Mas será que Sousa Real foi rigorosa ao dizer que "o PAN foi o partido que mais medidas fez avançar"?

Não. De acordo com os dados da Assembleia da República, nas duas sessões da XV Legislatura, o PS foi o partido com mais iniciativas aprovadas: 67 no total, das quais 30 projetos de lei e 37 projetos de resolução.

Quanto ao PAN, na verdade foi o segundo partido com mais iniciativas aprovadas no Parlamento: 45 no total, das quais 16 projetos de lei e 29 projetos de resolução.

______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.