No debate desta noite na SIC Notícias que opôs André Ventura a Rui Rocha, o líder do Chega defendeu que a "imigração tem de ser controlada" e "aliás, isso está no programa do Iniciativa Liberal".

"Se deixarmos toda a gente entrar sem critério", prosseguiu, "um dia não teremos um país mas uma bandalheira a céu aberto".

A posição assumida por Ventura relativamente à imigração não é uma novidade, de todo, mas o que disse sobre o programa do Iniciativa Liberal tem fundamento?

De facto, no programa eleitoral do Iniciativa Liberal para as eleições legislativas de 2024 (pode consultar aqui), destaca-se o objetivo de "tornar a política de imigração mais responsável e digna".

Os liberais sublinham que "por princípio, a Iniciativa Liberal não aceita um país de portas fechadas, mas também não aceita uma gestão desregrada das entradas no país, sem reconhecimento legal, proteção de direitos humanos, capacidade de integração e de assegurar o respeito pelo Estado de Direito".

Nesse sentido defendem que "a entrada em Portugal deverá ser necessariamente precedida da prova, por parte do cidadão requerente, de meios de subsistência".

Esta proposta, na prática, consiste na reversão de uma medida de alteração à lei de imigração concretizada pelo Governo do PS - passou a ser permitida a substituição da prova de meios de subsistência pela apresentação de um termo de responsabilidade.

______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.